Alexandre, acusado de matar a ex-namorada grávida, comete suicídio

Corpo foi encontrado na manhã desta quinta-feira, 12, em cela da Cadeia Pública de Lutécia.

Corpo de Alexandre foi encontrado na manhã desta quinta-feira, 12, em cela. (Foto: Reprodução / Facebook)

Alexandre Domingues Oliveira, acusado de matar a ex-namorada Pâmela Tamires Meira de 16 anos e grávida de oito meses, foi encontrado morto, enforcado, na cela da Cadeia de Lutécia por volta das 12h00 desta quinta-feira, 12.

Alexandre, que tinha 26 anos, teria cometido o crime contra a ex-namorada no dia 18 agosto por não aceitar o fim do relacionamento.

Antes, do crime, ele havia dito a sua mãe que se não consegui-se reatar o namoro ele tomaria uma atitude.

De acordo com informações da polícia, após assassinar Pâmela ele teria tentado o suicídio, porém, sem êxito.

Alexandre foi encontrado um dia depois do homicídio na casa de um tio, ferido no pescoço e bem debilitado, já que havia perdido bastante sangue e foi internado na Santa Casa. Após receber alta do ele foi encaminhado a Cadeia Pública de Lutécia onde foi encontrado morto. A Polícia Civil apura o caso.

Alexandre foi encontrado enforcado na cela, por volta das 12h00

O Caso
No final da tarde domingo, 18 de agosto, a adolescente Pâmela Tamires Dias Meira, de 16 anos, foi encontrada morta dentro do veículo do namorado, uma Parati, de cor branca, em um canavial, próximo a Água do Baixadão, Zona Rural de Assis.

Paâmela morava na Vila Ribeiro e estava grávida de 8 meses. O corpo foi localizado por moradores da região que frequentam uma cachoeira no local.

A adolescente foi morta com facadas que a atingiram na mão, no pescoço e nos ombros. Assim como Pâmela, o bebê também perdeu a vida.

Saiba Mais
Acusado de matar ex-namorada grávida tem prisão temporária decretada
Grávida morta em Assis avisou tia sobre ameaças do ex-namorado
Adolescente grávida é encontrada morta em canavial em Assis

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA