Operação contra crime organizado prende 26 pessoas na região de Assis

Suspeitos estariam envolvidos em vários crimes como roubo, furto e tráfico.
Mais de 100 policiais civis participaram da ação nesta terça-feira.

Vinte e seis pessoas foram presas suspeitas de envolvimento em vários crimes, entre eles roubo, furto e, principalmente, tráfico de drogas na região de Assis (SP). Segundo informações da Polícia Civil, mais de 160 policiais participaram da operação que começou durante a madrugada desta terça-feira (25).

Depois de um ano e meio de investigação da Polícia Civil, a Justiça concedeu 40 mandados de prisão que foram cumpridos em Assis, Cândido Mota, Palmital, Paraguaçu Paulista e Salto Grande. Oito mulheres e 18 homens foram levados para a Central de Polícia Judiciária de Assis.

Operação começou ainda de madrugada e contou
com 160 policiais (Foto: Reprodução / TV TEM)

Em uma casa em Paraguaçu Paulista, investigadores encontraram eletrodomésticos roubados. A polícia acredita que os furtos e roubos serviam para ajudar a financiar o tráfico de drogas. As investigações ainda apontaram que a cidade de Assis servia como centro de distribuição de drogas para outras cidades da região.

“Eles tinha funções bem definidas nesta organização, sendo destacado aquele que trazia a droga para Assis, aquele distribuia, o que efetivamente comercializava, o ‘disciplina’ da área 18, da cidade, do bairro, pessoas que integravam um verdadeiro tribunal do crime, julgando pessoas e muitas vezes as sentenciando a morte”, explica o delegado Ricardo Nascimento.

Todas as pessoas presas são suspeitas de envolvimento em vários tipos de crime e, segundo a polícia, algumas delas fazem parte de uma facção criminosa que age dentro e fora de presídios. Em uma das casas os policiais também apreenderam um caderno com anotações de dívidas com o tráfico e outros dados pessoais de alguns jovens.

A polícia acredita se tratar de uma espécie de cadastro de filiação a organização criminosa. “É um caderno que mostra como eles se organizavam, no sentido de ter controle do trabalho, das pessoas que tinha dívidas e com funções que cada um tinha dentro da organização”, completa o delegado.

Vários equipamentos roubados foram apreendidos (Foto: Reprodução / TV TEM)
Cadernos com anotações do tráfico foram apreendidos (Foto: Reprodução / TV TEM)

#MAIS LIDAS DA SEMANA