Polícia prende suspeito de matar catador de recicláveis em Marília

Outro envolvido ainda é procurado, segundo investigações.
Vítima foi agredida com barras de ferro na Vila Hípica.

A Polícia Militar prendeu um dos suspeitos de agredir e matar um catador de recicláveis em Marília (SP). O crime aconteceu na madrugada de terça-feira (12) e o homem foi agredido com barras de ferro. De acordo com informações da polícia, o suspeito foi detido durante uma perseguição policial na zona oeste na madrugada desta quarta-feira (13).

O homem de 37 anos foi levado para Delegacia de Inevstigações Gerais, que é responsável pelo caso. Um segundo suspeito de envolvimento no crime está sendo procurado e a DIG segue com as investigações.

Entenda o caso
O catador de recicláveis foi agredido e morto na Vila Hípica. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi espancada com barras de ferro por duas pessoas.

A maioria dos golpes foi na região da cabeça. A polícia foi acionada por uma pessoa que informou que um homem estava sendo agredido por uma dupla. Ainda segundo a PM, a vítima foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao pronto-socorro do Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações da Polícia Civil, o corpo da vítima foi identificado por familiares. O caso foi registrado e está sendo investigado. A polícia não descarta a possibilidade de um latrocínio, que é roubo seguido de morte, já que a bicicleta usada pela vítima não foi encontrada.

#MAIS LIDAS DA SEMANA