Alexandra foi morta a tiros em estrada rural de São Pedro do Turvo (Foto: Reprodução/Facebook )

A trabalhadora rural Alexandra de Oliveira, de 40 anos, foi assassinada com três tiros na manhã desta segunda-feira (20), em uma estrada rural da São Pedro do Turvo (SP). Segundo a Polícia Civil, o principal suspeito do crime é o marido da vítima, Antônio Carlos da Silva, de 44 anos.

Ele teria armado uma emboscada para matar a mulher. De acordo com a polícia Civil, Alexandra estava indo trabalhar de carro em uma estufa de pimenta na zona rural da cidade e precisou parar na estrada porque encontrou galhos e troncos no caminho.

Ao descer para desbloquear a via, o suspeito apareceu e atirou três vezes contra a vítima. A mulher morreu no local. Ainda segundo a polícia, o autor fugiu de moto por um rodovia da região, onde se envolveu em um acidente com um carro.

Em seguida, ele entrou em uma área de mata e continuava foragido até o início da noite desta segunda-feira.

Alexandra e Antônio estavam casados há 15 anos e tinham uma filha de 12. Antônio deve ser indiciado por feminicídio.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Cadela sai ilesa após cair em barranco com 50 metros de profundidade e mobilizar resgate

Resgate começou às 8h e foi finalizado pouco depois das 17h.

Grave acidente deixa vítima fatal e uma gravemente ferida

Acidente foi registrado na noite deste domingo, dia 19

Operação ‘Corpus Christi’ registra cinco mortes nas rodovias da região

Uma das mortes aconteceu em Cândido Mota, na noite de domingo.

Homem que matou ex-namorada a facadas dentro de carro premeditou crime

Suspeito foi preso em flagrante por feminicídio.