Homem morre após ter corpo e casa incendiados em Marília

Um homem identificado como Sílvio César Soares Júlio, de 47 anos, foi encontrado morto com parte do corpo queimado e ferimentos no pescoço e braço na madrugada desta quinta-feira (22) no bairro Alto Cafezal, zona oeste de Marília.

O crime foi descoberto pelo Corpo de Bombeiros, que foi acionado para apagar um incêndio na casa onde Júlio vivia, na rua Prudente de Morais, por volta da 0h30. A PM foi convocada para prestar apoio.

O corpo de Júlio estava na sala do imóvel parcialmente carbonizado, com a barriga para cima, mãos e pés amarrados e uma jaqueta queimada tampando o rosto.

Enquanto a ocorrência era atendida, dois amigos da vítima estiveram no local. Um deles reconheceu o corpo e disse que Júlio habitava sozinho aquela residência, no entanto não soube informar sobre possível autoria ou motivação do crime.

O outro amigo de Júlio que esteve na cena do crime, informou que por volta das 20h conversou com ele por telefone, mas não tinha notado nada de diferente em seu comportamento, nem a vítima teria comentado se estaria com alguma outra pessoa em casa.

O imóvel não apresentava sinais de arrombamento e não foi possível verificar, segundo os policiais que atenderam o caso, se houve a subtração de algum objeto dali.

O delegado e investigador da Polícia Civil de plantão estiveram no local e viram que existe câmera de segurança. O aparelho que registra as imagens foi apreendido e a perícia técnica também foi chamada para vistoriar a casa.

Vizinhos teriam dito que não ouviram e avistaram nada de anormal no imóvel, além do cheiro de queimado que os fez entrar em contato com o Corpo de Bombeiros. Não foram ouvidos gritos, por exemplo.

O caso está sendo investigado e foi registrado como homicídio qualificado pelo emprego de crueldade e “traição ou mediante dissimulação ou outro recurso”.

#MAIS LIDAS DA SEMANA