Preso por dirigir bêbado e provocar acidente na contramão está com CNH vencida há 3 anos

O motorista que estava dirigindo embriagado e na contramão provocando um acidente entre três veículos na manhã desta quarta-feira (31), na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, em Marília (SP), foi preso após prestar depoimento. Ele foi escoltado até a delegacia assim que recebeu alta do pronto-socorro do Hospital de Base.

Segundo a Polícia Rodoviária, a CNH dele está suspensa desde 2015 por excesso de multas. Ainda conforme a polícia, o motorista, de 25 anos, estava embriagado. O teste do bafômetro detectou 0,76 mg de álcool por litro de ar expelido.

“Foi constatada uma quantidade de álcool que configura crime de trânsito de embriaguez ao volante. O motorista também estava com a permissão para dirigir vencida desde 2015 por conta de pontuações na CNH”, explica o tenente da Polícia Rodoviária, Gerson Redicopa.

Ainda de acordo com a polícia, no momento da batida, no trecho próximo a Padre Nóbrega, distrito de Marília, o velocímetro do carro travou em 110 km/h em um trecho de velocidade que é de 80 km/h.

Violência do impacto arrancou o eixo dianteiro do caminhão (Foto: TV TEM/Reprodução)

Entenda o caso

O acidente ocorreu no trecho de pista simples da rodovia. Ainda estava escuro e, de acordo com a polícia, o motorista do carro trafegava na pista contrária com os faróis apagados, quando bateu de frente com o caminhão que transportava barris e seguia de Tupã para Catanduva.

Uma motocicleta também não conseguiu desviar e acabou batendo na traseira do caminhão. Após a colisão, o carro ainda se arrastou por cerca de 50 metros.

“Uma moto que estava vindo atrás do caminhão não conseguiu frear e também bateu. O motociclista e o condutor do carro sofreram ferimentos leves, mas o caminhoneiro ficou gravemente ferido”, ressalta o tenente da Polícia Rodoviária.

O trecho no sentido Pompeia – Marília só foi liberado horas após os funcionários do departamento de Estradas e Rodagem (DER) retiraram todos os destroços da pista.

Caminhoneiro foi socorrido com ferimentos graves (Foto: TV TEM/Reprodução)

#MAIS LIDAS DA SEMANA