Traficante de Assis é preso após transportar carregamento de maconha a mando de presidiário

Um traficante, de 28 anos, foi preso em flagrante quando transportava carregamento de 160 quilos de maconha. Aos policias, ele contou que agia a mando de um presidiário. O fato aconteceu por volta das 22h30 desta quarta-feira (7), na MS-289, em Amambai.

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) atuavam perto do posto fiscal quando abordaram Gilmar Vieirad a Silva Júnior, que dirigia um Uno. Porém, ele não obedeceu à ordem de parada e foi perseguido. Cerca de cinco quilômetros depois, ele parou e desceu de mãos para cima, confessando que transportava maconha.

Enquanto era questionado, o telefone celular dele tocou e ele disse para policiais que a ligação era de um “batedor”. Gilmar indicou o ponto que o cúmplice lhe esperava, na avenida principal na cidade de Amambai, em frente a uma Conveniência. No local, foi encontrado o Corsa e o homem que agia como “batedor”. Ele disse que receberia 40 quilos de maconha pelo apoio ao transporte.

O traficante alegou que é morador de Assis (SP) e que recebeu o convite de uma pessoa que estaria dentro de um presídio para transportar o entorpecente. Ele disse, ainda, que receberia R$ 30 mil para levar a maconha de Capitã Bado, no Paraguai até Assis.

#MAIS LIDAS DA SEMANA