Mulher recebe apoio de parentes após marido atear fogo em casa: ‘Não acreditamos que faria isso’

Em 15 minutos, imóvel foi consumido pelas chamas em Agudos (SP). Suspeito estava alcoolizado e foi preso em flagrante após ameaçar a esposa, filhos e nora com uma faca.

Em apenas 15 minutos, a empregada doméstica Isaura Aparecida Vilocania Ferreira e os três filhos viram a casa onde moravam em Agudos (SP) ser consumida pelo fogo.

O incêndio foi provocado pelo marido dela, que chegou na madrugada deste domingo (22) alcoolizado, ameaçou a família com uma faca e, depois que todos correram para rua, ateou fogo na residência.

“Nós corremos para rua. E de lá dentro ele começou a tacar pedras na gente, disse que tacar fogo na casa, ficamos assustados, mas na hora a gente não acreditou que ele faria isso. Mas vimos a fumaça e o fogo. Pegou fogo no colchão das crianças, em tudo e não tinha mais o que fazer”, conta a empregada doméstica.

Após as chamas serem apagadas, a família viu que não havia sobrado nada. O fogo consumiu eletrodomésticos, móveis, roupas e até as telhas desabaram. A família que vivia na casa no bairro Cohab 4 perdeu tudo.

João Romeiro Ferreira fugiu do local, mas depois foi preso pela Polícia Militar em flagrante, ainda no bairro. A família foi para a casa de parentes até que a Defesa Civil avalie as condições do imóvel incendiado.

Mulher estava na casa com os filhos e a nora em Agudos quando começaram a ser ameaçados pelo suspeito (Foto: TV TEM / Reprodução )

O filho mais velho do casal ficou surpreso com a atitude do pai. “Perdemos tudo, desde móveis até roupas de cama, banho. Foi perda total”, lamenta Caique Romeiro Ferreira.

Segundo a polícia, o suspeito, de 55 anos, vai passar pela audiência de custódia nesta segunda-feira (23) e deve responder por incêndio criminoso, violência doméstica e ameaça.

Homem chegou embriagado e ameaçou os familiares com uma faca de cozinha em Agudos (Foto: TV TEM / Reprodução )

#MAIS LIDAS DA SEMANA