Fique conectado

Polícia

Funcionário público se passa por promotor de Justiça e cantor famoso para enganar mulheres

Homem chegou a ficar hospedado na casa de uma dentista em um condomínio de luxo, antes de as vítimas pedirem ajuda à Polícia Militar. Autor foi indiciado por estelionato e falsa identidade.

Publicado em

454

Caso foi encaminhado para a Delegacia Participativa da Polícia Civil, em Presidente Prudente (Foto: Valmir Custódio/G1)

Um funcionário público municipal, de 30 anos, morador de Sandovalina, foi preso na noite desta segunda-feira (6), em Presidente Prudente, por estelionato e falsa identidade, após se passar por doente de câncer em fase avançada para uma dentista, de 42 anos, e por amigo de um cantor famoso para uma comerciária, de 25 anos, ao mesmo tempo. As mulheres descobriram que estavam sendo vítimas de um golpe e acionaram a Polícia Militar.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa de Presidente Prudente, a dentista relatou que conheceu um homem pelo WhatsApp que se dizia ser um promotor de Justiça de São Paulo, mas que trabalhava em Presidente Prudente, e que teria um amigo em tratamento de câncer nesta cidade e que o mesmo precisava de um apoio, até a sua chegada ao município.

A dentista, que mora no condomínio de luxo Village Damha, conforme infomações apuradas pelo G1, se prontificou a ajudar e recebeu o funcionário público em sua casa na sexta-feira (3) e, desde então, o hóspede ficou “comendo e bebendo”, com a justificativa de que estaria “com câncer em fase terminal”.

O funcionário também disse à mulher que lhe restavam apenas quatro meses de vida, e pediu R$ 300 emprestados a ela para comprar medicamentos. A vítima relatou que recebeu o dinheiro de volta.

Ainda em contato com o suposto promotor de Justiça, a vítima foi aconselhada a continuar ajudando o rapaz, pois ele “estava com dificuldades financeiras e precisava de apoio financeiro e de onde ficar”.

Outra vítima

Já a comerciária, que mora no Jardim São Bento, também em Presidente Prudente, conforme informações apuradas pelo G1, relatou que conheceu supostamente um cantor famoso pela internet, em julho, e este teria dito a ela que tinha um amigo em Presidente Prudente – o mesmo funcionário público municipal.

A comerciária fez contato com o suposto amigo do cantor e os dois se encontraram, juntamente a dentista, em um barzinho na cidade, onde as vítimas se conheceram. Depois de comerem e beberem, o funcionário público foi para a casa da dentista, onde estava hospedado. O encontro foi na sexta-feira (3).

Voz ao fundo

No domingo (5), a comerciária saiu novamente com o homem e depois deixou-o na casa da dentista. Após isso, a mulher recebeu uma ligação do suposto cantor, o qual disse que estava em um estúdio de gravação na cidade de São Paulo, mas a comerciária ouviu a voz da mãe da dentista ao fundo.

Desconfiada, a comerciária ligou para a dentista para perguntar se sua mãe estaria próxima ao autor, o que foi confirmado.

Assim sendo, as duas concluíram que tinham caído em um golpe, uma vez que mesmo homem havia se passado por cantor, para uma, e por promotor de Justiça, para a outra.

Flagrante

Por volta das 22h desta segunda-feira (6), as mulheres se juntaram com o autor e, anteriormente, combinaram entre elas de irem até a casa da dentista para pegarem as malas do homem e depois se dirigirem à delegacia, mas, no caminho, as vítimas se depararam com uma viatura da Polícia Militar e pediram ajuda, uma vez que estavam com receio da atitude do homem.

Diante dos fatos, os militares deram voz de prisão ao autor que estava no carro da dentista.

Prisão

O caso foi encaminhado à Delegacia Participativa de Presidente Prudente, onde a Polícia Civil ouviu as testemunhas e o relato dos militares, “com maior riqueza de detalhes, sendo que as mulheres imprimiram algumas conversas mantidas com o autor via um aplicativo de internet”. O celular do funcionário público foi apreendido para eventual perícia.

O preso foi interrogado, confessou, e alegou que “somente queria fazer amizades”. Em poder do autor, foram encontradas papéis com anotações de outras páginas no Facebook, que possivelmente seriam utilizadas para a prática de infrações com outras vítimas.

A Polícia Civil ouviu todos os envolvidos, analisou as provas e entendeu que estavam presentes indícios de autoria e materialidade, bem como o estado de flagrante, “já que o autor atribuiu-se de falsa identidade para obter vantagem ilícita em proveito próprio, causando prejuízo às vítimas ao mantê-las em erro”, conforme consta no BO.

Não foi arbitrada fiança e o homem permaneceu preso para ser apresentado em audiência de custódia e depois ser encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá, caso a prisão seja mantida pela Justiça.

Polícia

Mulher perde controle da direção e capota carro em vicinal de Tupã

Caminhão que tentava uma ultrapassagem acabou batendo na traseira do veículo. Vítima foi encaminhada para a Santa Casa de Jaú (SP) com ferimentos leves.

Publicado em

Do G1
Vítima foi socorrida com ferimentos leves e encaminhada para a Santa Casa de Jaú (SP) (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Uma mulher ficou ferida após capotar o carro na vicinal que liga Tupã a Bastos (SP), na noite desta segunda-feira (20).

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, um caminhão que tentava fazer uma ultrapassagem acabou colidindo na traseira do veículo.

Com o impacto, a motorista perdeu o controle da direção do veículo.

Ainda segundo aos bombeiros, a vítima foi socorrida com ferimentos leves e encaminhada para a Santa Casa de Tupã. Já o motorista do caminhão não se feriu.

Continue lendo

Polícia

Morto durante troca de tiros em Cândido Mota, homem é suspeito de outros crimes

O homem que morreu na madrugada de domingo, dia 19, em uma troca de tiros com a Polícia, após roubar um carro em Cândido Mota, é suspeito de participar de outro assalto e uma tentativa de roubo na cidade de Assis.

Publicado em

Com informações de
O Diário do Vale
Carro roubado por Alessandro e seu comparsa (Foto: Reprodução)

O homem que morreu na madrugada de domingo (19) em uma troca de tiros com a Polícia, após roubar um carro em Cândido Mota (SP), é suspeito de participar de outro assalto e uma tentativa de roubo na cidade de Assis (SP).

Segundo boletim, por volta da 00h20, ele e um comparsa chegaram em uma motocicleta e renderam uma mulher que estava entrando em seu veículo, um Chevrolet Colbat, de cor preta, próximo a Santa Casa de Misericórdia Imaculada Conceição. O garupa, que estava armado com um revólver, entrou no veículo e fugiu.

A Polícia Militar foi acionada, e uma equipe que estava retornando de uma averiguação na zona rural avistou o veículo suspeito em alta velocidade. Ao ver a viatura, o condutor empreendeu fuga pela área rural e entrou na cidade, percorrendo várias ruas até parar na rua Erminio Luiz Ferreira, no jardim Santa Clara.

Ainda de acordo com boletim, os policiais encontraram o veículo com a porta aberta na referia rua, e um dos policiais avistou o homem em um terreno baldio, momento em que houve a troca de tiros.

Com a chegada de outras viaturas de apoio, além de Policiais Rodoviários, o homem foi localizado caído ao chão. A equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada, porém constatou o óbito no local. Após perícia, o homem foi identificado como Alessandro Mizankute da Silva de 35 anos, morador em Cândido Mota.

Segundo registros da Polícia Militar, na mesma noite, ele e o comparsa teriam tentado roubar uma caminhonete na cidade de Assis, utilizando um revólver cromado, o mesmo encontrado com o homem. Ele teria, inclusive, efetuado disparo durante a ação.

Alessandro também é suspeito de ter participado do roubo de um veículo Montana na noite de quinta-feira, dia 16, no centro de Cândido Mota. Ele e o comparsa, em posse da mesma arma, anunciaram o assalto a um casal que estava dentro do veículo, estacionado na rua Augusto Gozzi, por volta das 21h. Os bandidos fugiram com o carro, que foi localizado abandonado poucas horas depois.

Moto utilizada

Após registrar o roubo, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima informando o abandono de uma motocicleta que teria sido utilizada no crime. Ela foi localizada próxima a uma antiga escola, na vila São Judas. A moto CG Titan, de cor cinza, estava com uma placa pertencente a outra motocicleta, de cor preta, porém, através de uma etiqueta, foi possível identificar o número do chassi, no qual constava ser de uma moto com queixa de furto no dia 16, na cidade de Palmital (SP).

Continue lendo

Polícia

Fogo em mato atinge pátio de posto de combustíveis e queima cinco carretas

Três veículos queimaram totalmente e dois somente os pneus em Santa Cruz do Rio Pardo (SP). Não há feridos.

Publicado em

Do G1
Cinco carretas foram atingidas pelo fogo em Santa Cruz do Rio Pardo (Foto: Repórter na Rua/Divulgação)

Um incêndio atingiu cinco carretas, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), no início da noite desta segunda-feira (20). Não há feridos.

Segundo os bombeiros, o fogo começou em um matagal e chegou até o pátio de um posto de combustíveis, no Distrito Industrial, onde os veículos estavam estacionados.

Três carretas queimaram totalmente e duas somente os pneus. Equipes dos bombeiros foram ao local e controlaram as chamas. A polícia vai investigar a causa do incêndio.

Faz mais de dez dias que não chove no Centro-Oeste Paulista. A umidade relativa do ar chegou a 24% na região.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas