Morto durante troca de tiros em Cândido Mota, homem é suspeito de outros crimes

O homem que morreu na madrugada de domingo, dia 19, em uma troca de tiros com a Polícia, após roubar um carro em Cândido Mota, é suspeito de participar de outro assalto e uma tentativa de roubo na cidade de Assis.

O homem que morreu na madrugada de domingo (19) em uma troca de tiros com a Polícia, após roubar um carro em Cândido Mota (SP), é suspeito de participar de outro assalto e uma tentativa de roubo na cidade de Assis (SP).

Segundo boletim, por volta da 00h20, ele e um comparsa chegaram em uma motocicleta e renderam uma mulher que estava entrando em seu veículo, um Chevrolet Colbat, de cor preta, próximo a Santa Casa de Misericórdia Imaculada Conceição. O garupa, que estava armado com um revólver, entrou no veículo e fugiu.

A Polícia Militar foi acionada, e uma equipe que estava retornando de uma averiguação na zona rural avistou o veículo suspeito em alta velocidade. Ao ver a viatura, o condutor empreendeu fuga pela área rural e entrou na cidade, percorrendo várias ruas até parar na rua Erminio Luiz Ferreira, no jardim Santa Clara.

Ainda de acordo com boletim, os policiais encontraram o veículo com a porta aberta na referia rua, e um dos policiais avistou o homem em um terreno baldio, momento em que houve a troca de tiros.

Com a chegada de outras viaturas de apoio, além de Policiais Rodoviários, o homem foi localizado caído ao chão. A equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada, porém constatou o óbito no local. Após perícia, o homem foi identificado como Alessandro Mizankute da Silva de 35 anos, morador em Cândido Mota.

Segundo registros da Polícia Militar, na mesma noite, ele e o comparsa teriam tentado roubar uma caminhonete na cidade de Assis, utilizando um revólver cromado, o mesmo encontrado com o homem. Ele teria, inclusive, efetuado disparo durante a ação.

Alessandro também é suspeito de ter participado do roubo de um veículo Montana na noite de quinta-feira, dia 16, no centro de Cândido Mota. Ele e o comparsa, em posse da mesma arma, anunciaram o assalto a um casal que estava dentro do veículo, estacionado na rua Augusto Gozzi, por volta das 21h. Os bandidos fugiram com o carro, que foi localizado abandonado poucas horas depois.

Moto utilizada

Após registrar o roubo, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima informando o abandono de uma motocicleta que teria sido utilizada no crime. Ela foi localizada próxima a uma antiga escola, na vila São Judas. A moto CG Titan, de cor cinza, estava com uma placa pertencente a outra motocicleta, de cor preta, porém, através de uma etiqueta, foi possível identificar o número do chassi, no qual constava ser de uma moto com queixa de furto no dia 16, na cidade de Palmital (SP).

#MAIS LIDAS DA SEMANA