Fique conectado

Polícia

Casal é preso acusado de vender drogas em motel desativado, em Assis

Indiciados foram autuados por tráfico de drogas e recolhidos à cadeia pública de Lutécia.

Publicado em

805

Policiais da Força Tática, com o auxílio do Canil, apreenderam entorpecentes e levaram um casal para a cadeia, na noite desta terça-feira, dia 11, em Assis (SP).

Conforme consta no boletim de ocorrência, os policiais receberam uma denúncia anônima informando que um casal estava comercializando drogas em um motel desativado, localizado na Rodovia Raposo Tavares (SP 270), km 447.

Foto: Polícia (Militar/Cedida)

As equipes foram ao local e abordaram um homem. Durante busca pessoal, foram localizadas em seu poder uma porção grande de maconha e a quantia de R$ 60,00. Questionado, ele confessou que praticava a venda da droga, e informou ainda que uma mulher estava no interior do motel com mais drogas. A acusada relatou que os entorpecentes estavam em seu apartamento, onde os policiais encontraram no forro um pote plástico contendo treze porções de maconha.

Com auxílio do cão farejador, foram localizadas em meio aos pertences de Simone duas porções de maconha e duas balanças digitais.

O casal foi levado à Central de Polícia Judiciária (CPJ), autuado e recolhido à cadeia pública de Lutécia.

Polícia

Corpo de mulher encontrado em rio é sepultado em Assis

Edna Aparecida Rodrigues, de 46 anos, estava desaparecida há 17 dias. Seu corpo foi encontrado ‘enroscado’ na ponte do Rio Pari-Veado em Platina.

Publicado em

Do AssisNews

Edna Aparecida Rodrigues, de 46 anos era agente comunitária em Platina (Foto: Reprodução)

O corpo da agente comunitária, Edna Aparecida Rodrigues, de 46 anos foi sepultado na manhã desta terça-feira (18) no Cemitério Municipal de Assis (SP).  Ela deixou dois filhos, um de 22 e outro 26 anos.

Edna estava desaparecida desde o dia 1º de setembro, quando apresentava sinais de quadro depressivo. O fato ocorreu logo após um desentendimento com o marido, que culminou na separação.

Na ocasião, ela deixou uma carta para sua mãe, dizendo que não queria mais viver e que iria se atirar no rio, pois, não aceitava o fim do relacionamento. Após isso, ela desapareceu.

Na tarde desta segunda-feira (17) populares encontraram o corpo em estado avançado de decomposição ‘enroscado’ na ponte do Rio Pari-Veado, conhecido popularmente conhecido como Rio do Cristo, no município de Platina (SP).

Devido aos fatos apresentado pelos familiares, a polícia suspeitava de que o corpo fosse realmente de Edna. Suspeita esta, que foi confirmada após um dos filhos da agente reconhece-lá no Instituto Médico Legal (IML) de Assis.

Corpo foi encontrado na ponte do Rio Pari-Veado, conhecido popularmente conhecido como Rio do Cristo (Foto: Reprodução)

Continue lendo

Polícia

Jovem é preso após ameaçar mulher com faca e levar bolsa com R$ 500

O crime aconteceu próximo a um supermercado em Paraguaçu Paulista.

Publicado em

Do i7 Notícias
Foto: Polícia Militar/Cedida

Um jovem de 19 anos foi preso na noite desta segunda-feira (17), após roubar uma mulher em Paraguaçu Paulista (SP).

Conforme consta no boletim de ocorrência, a equipe da Força Tática foi informada, através de um policial que estava de folga, de que havia acabado de acontecer um roubo próximo ao Supermercado Avenida e que o indivíduo havia ameaçado a vítima, de 39 anos, com uma faca e levado a sua bolsa.

Com as características do acusado, os policiais realizaram buscas e localizaram o jovem, no cruzamento das ruas Sete de Setembro e Ataliba Leonel, na Vila Affine. Ele estava ainda de posse da faca e com a quantia de R$ 500,00, que foi retirada da bolsa da vítima. A bolsa foi encontrada próximo ao local da abordagem.

O indiciado foi encaminhado ao plantão policial, autuado por Roubo/Flagrante e encaminhado à cadeia pública de Lutécia (SP).

Continue lendo

Polícia

Corpo encontrado em Platina é de mulher desaparecida há 17 dias

Corpo estava ‘enroscado’ na ponte do Rio Pari-Veado. Edna Aparecida Rodrigues, de 46 anos era agente comunitária em Platina.

Publicado em

Do AssisNews

Edna Aparecida Rodrigues, de 46 anos era agente comunitária em Platina (Foto: Reprodução)

O corpo em estado avançado de decomposição que foi encontrado na tarde desta segunda-feira (17) ‘enroscado’ na ponte do Rio Pari-Veado, no município de Platina (SP) é da agente comunitária Edna Aparecida Rodrigues, de 46 anos.

Edna estava desaparecida desde o dia 1º de setembro, quando apresentava sinais de quadro depressivo. O fato ocorreu logo após um desentendimento com o marido, que culminou na separação.

Na ocasião, ela deixou uma carta para sua mãe, dizendo que não queria mais viver e que iria se atirar no rio, pois, não aceitava o fim do relacionamento. Após isso, ela desapareceu.

Devido aos fatos apresentado pelos familiares, a polícia suspeitava de que o corpo fosse realmente de Edna. Suspeita esta, que foi confirmada após um dos filhos da agente reconhece-lá.

Corpo foi encontrado na ponte do Rio Pari-Veado, conhecido popularmente conhecido como Rio do Cristo (Foto: Reprodução)

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas