Mãe agredida pelo filho diz que tudo começou por causa de comida: ‘Ficou bravo porque não tinha mistura’

Caso foi registrado em Marília (SP). Aposentada de 73 anos levou socos do homem que estava bêbado. “Ele começou a jogar as panelas e jogou um balaio em mim”, conta.

A aposentada Aparecida Raimundo Martins, de 73 anos, ainda se recupera da agressão sofrida na última quarta-feira (3) em Marília (SP). Ela foi vítima do próprio filho, de 50 anos, e levou diversos socos no rosto.

De acordo com a aposentada, o agressor estava bêbado e foi até a casa em busca de comida. Dona Aparecida conta que ele estava muito alterado.

“Tinha comida, mas ele ficou bravo porque não tinha mistura. E aí ele começou a jogar panela, jogar tudo. Até que pegou o jogou um balaio em mim”, conta a vítima.

Depois de agredir a própria mãe, o homem fugiu da casa onde morava com a família, mas foi preso em flagrante pela polícia no bairro Nova Marília.

Ele passou por uma audiência de custódia e teve a liberdade provisória concedida pela Justiça, que impôs medidas restritivas. O agressor deverá ficar a pelo menos 500 metros de distância da mãe. Caso essa medida seja descumprida, ele será preso novamente.

Paulo Roberto Martins, também filho da vítima e irmão do agressor, ainda não acredita no que aconteceu.

“Ele agredir a minha mãe dessa forma… Eu acho que não tem perdão. Pra mim não tem perdão”, relata.

#MAIS LIDAS DA SEMANA