Homem tem mão decepada e é levado às pressas no helicóptero da PM para reimplantar o membro

Caso aconteceu em Tupã; trabalhador de uma fábrica de móveis sofreu o acidente numa serra e precisou da transferência para o Hospital da Clínicas de SP, onde será feita tentativa de reimplante do membro.

Um homem de 41 anos sofreu um grave acidente de trabalho na manhã desta terça-feira (27) e teve a mão decepada por uma serra elétrica. Ele trabalhava em uma fábrica de móveis de Tupã (SP) quando sofreu o acidente, tendo a mão esquerda cortada na altura do punho.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o socorro e levou a vítima para a Santa Casa da cidade. O corpo clínico da unidade, porém, avaliou que uma tentativa de reimplante do membro só poderia ser feita por serviço especializado do Hospital das Clínicas de São Paulo.
Como Tupã está a cerca de 500 km de distância da capital e este tipo de procedimento precisa ser feito rapidamente, um helicóptero Águia, da Polícia Militar, decolou de São Paulo com uma equipe médica do HC rumo ao interior para fazer a transferência do paciente.

Equipes da PM, da Santa Casa e dos bombeiros levaram o paciente até o Aeroporto Estadual de Tupã, de onde o helicóptero Águia decolou rumo à capital, num voo de pouco mais de duas horas até o HC. Ainda não informações sobre o procedimento de reimplante.

Equipes do Corpo de Bombeiros, da PM e da Santa Casa de Tupã fizeram o transporte do paciente até o aeroporto de Tupã — Foto: João Trentini/Divulgação

#MAIS LIDAS DA SEMANA