Fique conectado

Polícia

Polícia Militar vai reforçar o policiamento durante o natal e final de ano

De acordo com o CPI-8 a Polícia Militar terá um aumento em até 50% do número de policiais nas ruas.

Publicado em

202

Polícia Militar vai reforçar o policiamento durante o natal e final de ano (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

O comandante do Policiamento do Interior-Oito (CPI-8), Coronel PM FRANCO, informou que vai intensificar o policiamento das cidades da região com o aumento do número de policiais nas cidades, visando garantir a segurança da população dos grandes centros.

Segundo o Comandante do CPI-8, o aumento será de 30% a 50% podendo variar de uma cidade para outra. “Vamos reforçar o policiamento, principalmente na véspera do dia 25, onde pretendemos chegar a um aumento de até 100% do policiamento preventivo nas ruas, justamente para atender ao período de compras onde ocorre um aumento considerável de pessoas que procuram o comércio para realizarem suas compras para o Natal e Final de Ano. Nossa intenção é evitar crimes ao patrimônio, roubos a veículos, estabelecimentos comerciais e celulares”.

O Comandante ainda explica: “Todos os anos a Policia Militar elabora um plano estratégico para reforçar o policiamento especificamente na área central dos municípios, onde fica localizado o maior fluxo de pessoas. Nas cidades que possuem convênio com o município através da Atividade Delegada, como aqui em Presidente Prudente (SP), Assis (SP) e outras cidades, os policiais cuidarão da fiscalização no comércio. Contaremos também com outras modalidades de policiamento nas ruas como a ROCAM (Policiamento com Motocicletas), Força Tática, Canil e Cavalaria e DEJEM, tudo isso para preservar a segurança dos lojistas e consumidores”

A Polícia Militar orienta para que:

– os consumidores evitem portar dinheiro em espécie.

– os consumidores não mantenham a senha do cartão bancário, juntamente com este, pois em caso de perda ou extravio poderão sofrer prejuízos.

– bolsas, sacolas, carteiras e demais objetos de valor devem estar à frente do corpo, jamais deixá-los com zíperes abertos e fora do campo de visão de quem os portar.

– não andar manuseando aparelho celular, caso seja necessário utilizá-los, procure estar parado, preferencialmente, no interior de algum estabelecimento comercial.

– não deixar objetos de valor ou que despertem a atenção de criminosos oportunistas no interior de veículos à mostra.

Caso seja vítima de algum delito, jamais reagir. Procure observar características físicas, vestes e destino tomado do infrator, e imediatamente acione a Polícia Militar, pelo telefone de emergência 190.

Região deve fechar ano com redução de crimes

Comandante do Policiamento do CPI-8 Coronel PM FRANCO (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

O Comandante do Policiamento do Interior-Oito (CPI-8) Coronel PM FRANCO, revelou que a região deve fechar o ano com a redução dos índices criminais em relação aos anos anteriores.

São os melhores números da série histórica (desde o início dos registros pela Secretaria de Segurança Pública), nos mais impactantes delitos.

No acumulado do ano os indicadores registram os seguintes dados: redução de 4% dos homicídios, redução de 17% nas ocorrências de roubos, redução de 29% de roubos de veículos, redução de 25% de roubo de carga, redução de 10% nas ocorrências de Furtos e redução de 28% de furto de veículos.

Ele destaca o trabalho e o empenho dos policiais da região. “No que diz respeito a furto e roubo de veículos, roubo, latrocínio e homicídio, estou confiante que fecharemos o ano de 2018, com a diminuição dos índices criminais estabelecidos pela Secretaria de Segurança Pública, em relação aos anos anteriores, embora algumas cidades não tenham alcançado a diminuição dos índices, a maior parte delas obteve êxito e o CPI-8 (Polícia Militar), junto com o DEINTER-8 (Polícia Cívil), como um todo (na média geral), deve fechar esses índices com muito sucesso na área. Tudo isso é possível em razão do esforço de todos os policiais da região, militares e civis, e o envolvimento da comunidade, como diversos órgãos públicos, em conjunto pela segurança pública”.

Polícia

Dono do Posto Alexandria 2 morre em acidente com moto em rodovia

Dono de postos de combustíveis bateu moto de média cilindrada em carro em um cruzamento na rodovia Rachid Rayes (SP-333), em Oscar Bressane (SP). Duas pessoas do carro tiveram ferimentos leves.

Publicado em

Do G1
Motociclista morreu após bater na lateral de carro em rodovia de Oscar Bressane — Foto: Arquivo pessoal

Motociclista morreu após bater na lateral de carro em rodovia de Oscar Bressane — Foto: Arquivo pessoal

Um empresário de 42 anos morreu na tarde deste sábado (19) depois de bater na lateral de um carro em um cruzamento na rodovia Rachid Rayes (SP-333), em frente ao trevo do município de Oscar Bressane (SP).

Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista do carro, com placas de Bauru, parou na sinalização de “Pare” para cruzar a pista. Mas, ao avançar, o motociclista que pilotava uma moto de média cilindrada – 650cc – acabou atingindo a lateral do veículo, informou a polícia.

Fábio Luiz Torrezan chegou a ser socorrido pela equipe de resgate, mas não resistiu aos ferimentos — Foto: Facebook/Reprodução

Fábio Luiz Torrezan chegou a ser socorrido pela equipe de resgate, mas não resistiu aos ferimentos — Foto: Facebook/Reprodução

O motociclista Fábio Luiz Torrezan era dono de postos de combustíveis em Assis e região. O empresário chegou a ser socorrido pela equipe de resgate, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital da Clínicas de Marília.

O motorista e a passageira do carro sofreram ferimentos leves. A ocorrência foi registrada na Central de Polícia Judiciária de Marília.

Moto bateu na lateral do veículo que atravessava a rodovia Rachid Rayes, em Oscar Bressane — Foto: Arquivo pessoal

Moto bateu na lateral do veículo que atravessava a rodovia Rachid Rayes, em Oscar Bressane — Foto: Arquivo pessoal

Continue lendo

Polícia

Humorista Evandro Santo é agredido em Marília e fala em homofobia

Humorista fez uma publicação nas redes sociais contando o episódio

Publicado em

Do Marília Notícia
Evandro Santo levou um soco no rosto após show de humor (Foto: Divulgação)
Evandro Santo levou um soco no rosto após show de humor (Foto: Divulgação)

O humorista Evandro Santo, conhecido por seu personagem Cristian Pior, foi agredido após a apresentação de um show em Marília na noite desta sexta-feira (18). O ator afirma que se trata de um caso de homofobia.

O agressor teria participado de uma interação com Evandro no palco, o chamado “Tinder Humano”. Mas a confusão não aconteceu naquele momento, segundo o artista que diz ter levado um soco no rosto ao sair do banheiro.

Evandro promete registrar o caso na polícia e processar o agressor. Na manhã deste sábado (19) ele fez duas publicações em suas redes sociais comentando o ocorrido. Veja abaixo o relato na íntegra feito por Evandro:

Primeira postagem

Esta não é uma foto bonita e nem legal. Esta foto mostra o quanto devemos ter cuidado com pessoas com aparência “normal”, porque o ódio e a homofobia não tem cara. Viemos ontem fazer nosso show em Marília, na @aguadocemarilia um local que nos recebeu super bem, com todo o carinho e respeito e profissionalismo, do começo ao fim.

Como todos que viram já o meu show, ele é interativo e as pessoas sobem no palco e dão risadas e sobem porque querem. Quem não quer não sobe.

O show transcorria super bem, até que chega a hora do “Tinder humano” e todos os meus amigos da comédia sabe que funciona.

Quando pedi um rapaz solteiro, na hora um rapaz chamado Pedro, se prontificou a subir para fazer o Tinder com outra moça que sempre pode acabar em um “beijo” ou “selinho”.

Ele super aceitou bem, fez o Tinder, ganhou um selinho meu, deu risada assim como a moça ganhou um meu e deu risada.

Saiu do palco de boa, o público que era muito educado, participativo e carinhoso pediu para eu ficar mais, agradecemos a cada, a #jovempanmarilia, pedi dez minutos para descansar e depois como sempre tirar as fotos.

 Saí, fui no banheiro, e quando saí, um rapaz falou: “ O Pedro está vindo ao banheiro”. E eu: uai, e daí. Quando saí do banheiro do nada, o cara apareceu, o mesmo que participou por vontade própria e me deu um baita soco na boca, no qual obviamente eu não reagi. Tanto a boca quanto ao nariz sangraram. Na hora virou um tumulto no banheiro, gente separando o cara, um cara ficou puto e disse para o pai dele: Você trouxe o seu filho para fazer isto com o artista? Chegou uma moça super prestativa e fizeram um paredão para eu sair. Saí tão passado que fui direto para o hotel. Não apanho desde os 13 anos de idade, por qualquer motivo. Acordei péssimo pensando em deixar pra lá e ir logo para casa. Mas não. Vou na delegacia fazer o B.0 e vou fazer todos os processos possíveis do mundo por agressão, homofobia e covardia. Por que o cara não me bateu no palco? Por que esperou eu ir no banheiro e estar sozinho? Deve ser algum poderoso da cidade? Pode ser. Mas sou figura pública é isto poderia acontecer com qualquer amigo meu da comédia. Gente, quem não curte comédia ou humor, não frequentem shows

Segunda postagem

Não frequentem comédias, enfim. Fiquei sabendo agora que ele acabou de sair de uma clínica de reabilitação. Isto não é desculpa. Conheço um monte de dependentes ou ex dependentes que não agridem ninguém. Cabia então alguém da família cuidar do moço, não deixar ele subir no palco ou participar devido a sua suposta saúde mental. Alguém vai responder sobre este crime real. Eu sei que vai ter um monte de haters falando “bem feito”, Vc isto ou aquilo. São só pessoas falando na Internet. Este sim é um verdadeiro HATER o que agride as pessoas. Não quero saber. Vou até o fim com todos os processos possíveis. Em nome do respeito ao próximo, a não violência do próximo e a anti homofobia. Vou agora na delegacia e vou atrás dos meus direitos. Enfim, vida que segue. Evandro Santo.

Evandro Santo levou um soco no rosto após show de humor (Foto: Divulgação)

Evandro Santo levou um soco no rosto após show de humor (Foto: Divulgação)

Continue lendo

Polícia

Polícia Rodoviária flagra passageiras com drogas em dois ônibus na Raposo Tavares

Ocorrências de tráfico de entorpecentes foram registradas na manhã deste sábado (19) em trecho de Assis.

Publicado em

Do G1
Polícia encontrou dois tabletes de pasta base de cocaína na bolsa de uma passageira de ônibus em Assis — Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

Polícia encontrou dois tabletes de pasta base de cocaína na bolsa de uma passageira de ônibus em Assis — Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

A Polícia Militar Rodoviária flagrou passageiras portando drogas em dois ônibus que trafegavam pela rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Assis (SP), na manhã deste sábado (19).

A primeira ocorrência foi registrada às 7h20 no quilômetro 445 da rodovia. O ônibus seguia de Campo Grande (MS) para São Paulo e era ocupado por 33 passageiros.

Durante buscas no veículo, policiais encontraram dois tabletes de pasta base de cocaína, pesando cerca de 2 kg, na bolsa de uma mulher de 33 anos.

Polícia encontrou oito porções de skank dentro de ônibus em rodovia de Assis — Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

Polícia encontrou oito porções de skank dentro de ônibus em rodovia de Assis — Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

O segundo caso foi registrado no mesmo local às 7h40. Os policiais abordaram outro ônibus, que seguia de Ponta Porã (MS) para São Paulo. Com os passageiros, nada de ilícito foi encontrado.

No entanto, os policiais localizaram, no banheiro do coletivo, em um compartimento debaixo da pia, oito porções da droga conhecida como skank, pesando aproximadamente 5 kg.

Droga estava escondida em um compartimento sob a pia, no banheiro do ônibus em rodovia de Assis — Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

Droga estava escondida em um compartimento sob a pia, no banheiro do ônibus em rodovia de Assis — Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

Uma passageira de 43 anos estava com a chave que abria o compartimento e assumiu a propriedade da droga. Ela disse que ganharia R$ 1 mil para transportar a droga de Ponta Porã a São Paulo.

As duas mulheres foram presas em flagrante e serão encaminhadas para a cadeia pública de Pirajuí. As ocorrências foram apresentadas na Central de Polícia Judiciária de Assis.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas