Fique conectado

Polícia

Motociclista tem braço decepado e morre após colisão frontal contra carreta em rodovia de Paraguaçu

Um dos pneus da carreta estourou com o impacto da colisão. O motociclista, que saiu de Cândido Mota, morreu no local.

Publicado em

1.936

José Carlos de Souza é morador de João Ramalho. Ele estava trabalhando em Cândido Mota e retornava para a sua cidade no momento do acidente (Foto: Manoel Moreno)

O motociclista José Carlos de Souza, de 49 anos, perdeu a vida na madrugada desta sexta-feira (11), por volta das 0h30, após colidir frontalmente contra uma carreta, na Rodovia Manílio Gobbi, próximo à entrada de Paraguaçu Paulista (SP). O impacto da colisão foi tão forte, que a vítima teve um dos braços decepados.

De acordo com informações, a vítima saiu de Cândido Mota (SP) e tinha como destino João Ramalho, quando, próximo ao viaduto da entrada de Paraguaçu Paulista, por motivos a serem esclarecidos, a sua motocicleta colidiu frontalmente contra uma carreta, com placas de Curitiba (PR). A batida fez com que um dos pneus do veículo de carga estourasse.

José Carlos morreu no local. Ele teve um dos seus braços decepado, não sendo possível, até o fechamento desta matéria, ser encontrado. O Resgate do Corpo de Bombeiros esteve no local, mas nada pode fazer. O motorista da carreta não sofreu ferimentos.

O motociclista colidiu frontalmente contra a carreta (Foto: Manoel Moreno)

O motociclista colidiu frontalmente contra a carreta (Foto: Manoel Moreno)

Polícia

Carro colide na traseira de carreta na rodovia Paraguaçu/Quatá

Apesar do susto, ninguém se feriu.

Publicado em

Do i7 Notícias
Carro colide na traseira de carreta na rodovia Paraguaçu/Quatá (Foto: Manoel Moreno)

Carro colide na traseira de carreta na rodovia Paraguaçu/Quatá (Foto: Manoel Moreno)

Um carro colidiu na traseira de uma carreta, na noite da última quarta-feira (12), na Rodovia Prefeito José Gagliardi, entre Paraguaçu Paulista (SP) e Quatá (SP).

De acordo com informações, a carreta, com placas de Marília (SP), reduziu a velocidade para entrar em um posto de combustíveis, quando foi colidido na traseira pelo carro, com placas de Pirassununga (SP).

O Resgate do Corpo de Bombeiros foi até o local, mas não foi necessário ninguém ser encaminhado para atendimento médico.

Carro colide na traseira de carreta na rodovia Paraguaçu/Quatá (Foto: Manoel Moreno)

Carro colide na traseira de carreta na rodovia Paraguaçu/Quatá (Foto: Manoel Moreno)

Carro colide na traseira de carreta na rodovia Paraguaçu/Quatá (Foto: Manoel Moreno)

Carro colide na traseira de carreta na rodovia Paraguaçu/Quatá (Foto: Manoel Moreno)

Continue lendo

Polícia

Vítimas registram ocorrências de furtos a residências em Paraguaçu Paulista

Os furtos ocorreram nos dias 10 e 12 deste mês.

Publicado em

Do i7 Notícias

Dois moradores de Paraguaçu Paulista tiveram as suas residências furtadas nesta semana. Eles comparecerem à Delegacia de Polícia para registrarem o Boletim de Ocorrência.

No último dia 10, a moradora, de 25 anos, relatou que ao chegar na sua casa, localizada na Rua Oldack Noya, encontrou a porta da cozinha arrombada e se deparou com a sua casa toda revirada. Segundo ela, foram furtadas uma caixa de som portátil da marca JBL e um televisor AOC 32”.

Já no dia 12, a vítima foi um idoso, de 82 anos, que relatou que indivíduos pularam a grade do quintal da sua residência, localizada na Rua Expedicionários, e furtaram quatro cadeiras de área.

Nas duas ocorrências, os autores dos furtos ainda não foram identificados e os produtos não foram localizados.

Continue lendo

Polícia

Mulher quase perde mais de R$ 1.450 após cair em golpe de WhatsApp, em Paraguaçu

Golpe clona contas de WhatsApp para pedir dinheiro a contatos de vítimas.

Publicado em

Do i7 Notícias

Uma moradora de Paraguaçu Paulista (SP) foi vítima de um golpe aplicado pelo WhatsApp, e por pouco não perdeu mais de R$ 1.400,00. O fato aconteceu no último dia 07, mas só foi registrado nesta segunda-feira, dia 10.

A vítima, uma mulher de 48 anos, relatou que recebeu uma mensagem, via WhatsApp, de um dos seus contatos, onde dizia que estava com o limite da conta bancária excedido e teria que fazer um pagamento naquele dia para uma pessoa, e que necessitava de um empréstimo de R$ 1.450,00, que seria devolvido no dia seguinte. Ela relatou que imediatamente fez a transferência para uma conta em nome de Rafael Laudino de Souza.

Logo após, a vítima entrou em contato com a suposta solicitante do empréstimo, mas o telefone dela encontrava-se em caixa postal, resolvendo então ligar na empresa dela, quando o funcionário informou que a sua patroa teve o celular clonado.

Rapidamente, a vítima dirigiu-se até a agência bancária e conseguiu realizar o bloqueio do valor transferido.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas