A Polícia Militar de Ourinhos (SP) prendeu na noite de segunda-feira (25), um auxiliar de técnico de enfermagem de 33 anos, por Estupro de Vulnerável e Violência Doméstica, na Rua Jairo Adalberto Bertaia no bairro Itajubi.

“Há dias vinha agindo assim com a menina”, revelou o abusador de forma fria.

Por volta das 23h30 a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de abuso sexual, assim que chegaram na casa a mãe da garotinha de apenas nove anos, relatou aos policiais que assim que chegou em sua residência se deparou com o seu amasio, padrasto da criança, deitado sobre ela com a calça e a cueca abaixadas.

Ainda segundo a mãe muito nervosa em estado de choque, assim que presenciou a cena foi para cima do padrasto, lhe dando vários socos, chegando a machucar a sua mão, o abusador não reagiu e fugiu da casa.

Os Policiais após as informações saíram em diligências, a fim de capturar o abusador, e o encontraram saindo de uma mata próximo às margens da Rodovia Raposo Tavares.

O marginal foi detido e ao ser questionado sobre o abuso, confessou calmamente, inclusive informou que há dias vinha agindo dessa maneira com a enteada.

Diante da confissão o abusador recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a delegacia, onde perante a delegada plantonista doutora Ana Rute de Castro, confessou o abuso sexual, sendo autuado em flagrante por Estupro de Vulnerável e Violência Doméstica.

Ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de São Pedro do Turvo- SP, onde ficou à disposição da Justiça.

A garotinha passará a ser assistida pelo COAS e uma Psicóloga.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preso assassinado em cela de Penitenciária teve o peito aberto e órgãos retirados

Foi apreendido uma pedaço de vidro, envolto em um fragmento de pano.

Celulares, óculos e cigarros eletrônicos são apreendidos em Santa Cruz do Rio Pardo

O veículo foi lacrado pela Polícia Federal e será levado à Receita Federal.

Homem é preso em flagrante por tráfico de drogas

A apreensão foi feita pela Polícia Civil de Paraguaçu Paulista.