Polícia de Ourinhos prende suspeito de integrar quadrilha que explodiu caixas de banco no PR

Homem de 21 anos foi achado na zona rural de Ribeirão do Sul e Polícia Civil diz que ele ficou com parte do dinheiro roubado. Um terceiro integrante do grupo segue foragido.

A Polícia Civil de Ourinhos prendeu nesta segunda-feira (25) um homem suspeito de ter participado do roubo a uma agência bancária em Ribeirão Claro (PR), no início deste mês.

Fabrício Vilella, de 21 anos, estava na zona rural em Ribeirão do Sul e foi levado até a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Ourinhos. O suspeito passou por exame de corpo de delido e foi encaminhado para Ribeirão Claro.

O rapaz preso nesta segunda-feira é suspeito de ser um dos três integrantes do grupo que explodiu caixas eletrônicos da agência de Ribeirão Claro.

Ele e mais dois homens fugiram pela Rodovia Melo Peixoto, em direção a Chavantes, já no estado de São Paulo, onde abandonaram um veículo e seguiram a pé, pela mata. A polícia de Ourinhos ajudou nas buscas e, naquele mesmo dia, um dos suspeitos foi preso.

Após explosão, banco ficou destruído em Ribeirão Claro — Foto: PM/Divulgação

Como foram encontrados explosivos dentro do veículo, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar da capital foi acionado para ajudar na ocorrência.

A polícia informou que Fabrício ficou com parte do valor do roubo, que não foi divulgado. Com a prisão do suspeito, a polícia espera encontrar o terceiro integrante da quadrilha, que segue foragido.

Helicóptero Águia, da PM, ajudou nas buscas pelos suspeitos na mata em Ourinhos no dia do crime — Foto: Alisson Negrini/TV TEM

#MAIS LIDAS DA SEMANA