Fique conectado

Polícia

Açúcar colocado em óleo de motor de ambulância causou corrosão em peças do veículo, diz mecânico

Secretário da Saúde de Echaporã (SP) registrou boletim de ocorrência de dano ao patrimônio público.

Publicado em

139

Açúcar foi encontrado no motor de ambulância em Echaporã — Foto: Prefeitura de Echaporã/Divulgação

A ambulância municipal que tinha açúcar no óleo do motor, em Echaporã (SP), teve diversas peças danificadas por causa do produto, o que poderia colocar em risco a segurança do veículo.

O problema foi descoberto depois que a viatura começou a superaquecer e precisou ser levada para o conserto.

“Chegou aqui fazendo um barulho muito forte. Fui tirar o cárter para trocar a bomba de óleo, quando eu tirei eu vi que tinha alguma coisa errada e que não era normal. Aí o diretor da saúde colocou na boca e falou que era açúcar”, conta o mecânico José Feliz da Silva.

O secretário da saúde Sérgio Ribeiro registrou um boletim de ocorrência nesta quinta-feira (14) de dano ao patrimônio público.

A ambulância foi adquirida em 2009 com recursos do Ministério da Saúde e quase que diariamente fazia o transporte diário de cerca de 30 pacientes de Echaporã para cidades vizinhas, como Marília e Assis, que possuem serviços especializados de atendimento médico.

As cinco ambulâncias da cidade ficam estacionadas ao lado do pronto atendimento, em um local de acesso controlado.

O município ainda não sabe quem sabotou a ambulância, mas abriu uma sindicância para apurar se tem algum funcionário envolvido.

Enquanto a ambulância ficar na oficina, outra, vai fazer o transporte dos pacientes. Ainda não há prazo para o conserto terminar e o valor que será gasto com o reparo.

Prefeitura de Echaporã procura descobrir o responsável por colocar açúcar em motor de ambulância — Foto: Prefeitura de Echaporã/Reprodução

Polícia

Família procura por jovem de Tarumã desaparecida há mais de uma semana

Isabela Alexandre Catissi tem 16 anos e desapareceu em 13 de março. Família registrou um Boletim de Ocorrência,

Publicado em

Do AssisNews
Isabela Alexandre Catissi tem 16 anos e desapareceu em 13 de março (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma família de Tarumã (SP) busca com desespero informações sobre a adolescente Isabela Alexandre Catissi, de 16 anos, que está desaparecida há mais de uma semana.

De acordo com informações a jovem, que desapareceu em 13 de março, foi vista pela última vez na Vila Progresso em Assis (SP). Ainda segundo informações, ela, que saiu apenas com a roupa do corpo, teria vindo para a cidade para morar com uma moça, mas não teria informado a família o local correto.

Os familiares registraram boletim de ocorrência. Informações sobre o paradeiro da menor podem ser informados a Polícia pelo 190 ou a família pelo celular (18) 99803-7310.

Continue lendo

Polícia

Briga de casal acaba com homem morto a facada, em Rancharia

Mulher golpeou o indivíduo e, à polícia, alegou defesa, pois a seu favor havia uma medida protetiva. Ela foi ouvida e liberada.

Publicado em

Do G1

Um homem, de 44 anos, foi morto a facada pela namorada, em Rancharia, na noite deste domingo (24). Conforme a Polícia Civil, a mulher foi ouvida e liberada, pois tinha a seu favor uma medida protetiva e alegou defesa.

De acordo com a polícia, o casal teve uma briga na tarde de domingo (24), por volta das 14h, e a mulher teria esfaqueado o namorado.

O homem chegou a ser socorrido por familiares e levado ao Hospital e Maternidade de Rancharia, onde foi submetido a uma cirurgia, mas não resistiu ao ferimento e morreu na madrugada desta segunda-feira (25).

Já a mulher, de 29 anos, contou à polícia que teve um relacionamento de sete meses com a vítima, possuía uma medida protetiva e alegou defesa.

Segundo a Polícia Civil, ambos são usuários de droga e deixaram a medida protetiva de lado para consumir crack e dormir juntos neste domingo (24).

Ainda conforme a polícia, a mulher disse que foi agredida pelo namorado e acertou-lhe uma facada nas costas.

Ela relatou que ambos haviam se deitado para dormir juntos, após o consumo de crack. Antes disso, a mulher já tinha sido agredida pelo namorado no local. Quando a mulher se levantou para sair da casa onde estavam e, assim, evitar mais problemas, o namorado acordou e voltou a agredi-la, o que a fez se armar com uma faca e a acertar-lhe um golpe.

No entanto, a Polícia Civil só tomou conhecimento da facada na manhã desta segunda-feira (25). Inicialmente, o homem, ao ser socorrido pelos familiares e hospitalizado, alegou que havia se ferido ao cair de um muro.

Na manhã desta segunda-feira (25), familiares da vítima procuraram a namorada e ela admitiu que, após ter sido agredida, desferiu uma facada no homem.

Segundo a Polícia Civil, como não houve situação de flagrante, a mulher foi ouvida e liberada.

Na conclusão do inquérito instaurado para apurar o caso, a Polícia Civil vai avaliar a conveniência de representar judicialmente pela prisão preventiva da envolvida.

Continue lendo

Polícia

Mulher é encontrada morta dentro de quarto de hotel no Centro de Marília

Vítima foi localizada por funcionários com vários ferimentos pelo corpo; Samu foi chamado e constatou a morte no local.

Publicado em

Do G1
Polícia Científica esteve no local para fazer a perícia; Polícia Civil não descarta feminicídio (Foto: Guilherme Lopes/TV TEM)

Uma mulher foi encontrada morta com ferimentos pelo corpo dentro de um quarto de hotel no Centro de Marília (SP), na manhã desta segunda-feira (25).

Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima foi encontrada por funcionários do hotel, que chamaram o resgate. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou a morte no local. A Polícia Militar também foi chamada para registrar a ocorrência.

A vítima, que não foi identificada, aparenta ter aproximadamente 40 anos de idade, segundo a polícia. As polícias Científica e Civil foram ao hotel para fazer a perícia e investigar a causa da morte e identificar um possível agressor, e não descarta, a hipótese de feminicídio.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas