Fique conectado

Polícia

Ladrão ‘arrependido’ se entrega à polícia, mas devolve menos de 10% do dinheiro roubado

Homem de 20 anos ameaçou funcionária de estabelecimento de Tupã (SP) para roubar R$ 6,8 mil, mas foi à delegacia para se entregar e devolveu R$ 450. Ele alegou que pagou dívidas de drogas e foi liberado pela falta do flagrante.

Publicado em

363

Um homem de 20 anos que praticou um roubo na tarde desta quinta-feira (11), em Tupã (SP), se arrependeu do crime e se entregou à polícia horas depois. No entanto, devolveu apenas uma pequena parte do valor roubado.

Imagens do circuito de segurança mostram o rapaz chegando ao estabelecimento que funciona como correspondente bancário, localizado na Avenida Lélio Piza. (Veja no vídeo abaixo)

O rapaz anunciou o assalto dizendo que estava armado e pediu o dinheiro do caixa. Diante da ameaça, a funcionária do local entregou para o criminoso R$ 6,8 mil. O rapaz pegou o dinheiro e fugiu de bicicleta.

Segundo a Polícia Civil, na noite do mesmo dia o suspeito compareceu à delegacia e se entregou. Na ocasião, ele devolveu R$ 450, ou seja, apenas cerca de 6,5% do valor roubado. Segundo o rapaz, o restante ele usou para pagar dívidas que ele tinha relacionadas a drogas.

Segundo a polícia, como o suspeito não estava mais em flagrante, ele foi indiciado e permaneceu em liberdade, à espera pela audiência de custódia.

Polícia

Motorista é socorrido após bater caminhonete na traseira de trator em Santa Cruz do Rio Pardo

Segundo o Corpo de Bombeiros, homem foi levado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Rio Pardo com dores nas costas.

Publicado em

Do G1

O motorista de uma caminhonete foi socorrido após bater o veículo na traseira de um trator na vicinal Oswaldo Lotuffo, em Caporanga, distrito de Santa Cruz do Rio Pardo (SP). O acidente ocorreu na noite desta segunda-feira (24).

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista da caminhonete seguia pela vicinal quando atingiu a traseira do trator.

O homem foi socorrido com dores nas costas e encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Rio Pardo.

De acordo com a Polícia Militar, a pista da vicinal não precisou ser interditada.

Continue lendo

Polícia

Taxista tem corpo queimado após atear fogo na moto do vizinho

Homem ficou com o corpo em chamas após explosão da motocicleta. Ele foi socorrido e precisou ser escoltado até a Santa Casa de Ourinhos. Taxista foi preso após ter alta médica.

Publicado em

Do G1
Homem disse que ateou fogo na moto do vizinho porque não aguentava mais as brigas dele com a mulher, segundo o boletim de ocorrência. — Foto: Renata Tibúrcio/Divulgação
Homem disse que ateou fogo na moto do vizinho porque não aguentava mais as brigas dele com a mulher, segundo o boletim de ocorrência. — Foto: Renata Tibúrcio/Divulgação

Um taxista de 35 anos teve o corpo queimado após atear fogo na moto do vizinho em Ourinhos (SP). O fato ocorreu nesta segunda-feira (24).

De acordo com a polícia, o taxista confessou que colocou fogo na moto por não aguentar mais escutar brigas entre o vizinho e a mulher dele.

Um jardineiro que trabalhava no local presenciou quando o homem ficou com o corpo em chamas, depois que a moto explodiu por causa do incêndio, de acordo com o boletim de ocorrência.

O Corpo de Bombeiros foi chamado, apagou o fogo e levou o taxista sob escolta da Polícia Militar até a Santa Casa de Ourinhos.

Ele recebeu atendimento médico e depois acabou preso, sendo encaminhado à cadeia de São Pedro do Turvo.

Continue lendo

Polícia

Servente é esfaqueado em bar após negar dinheiro para um desconhecido em Ourinhos

Vítima levou duas facadas. O caso será investigado pela DIG.

Publicado em

Do Ourinhos Notícias

O servente Robson dos Santos Silva, 36 anos, foi esfaqueado na noite de sábado (22), em frente ao um bar no Jardim Anchieta em Ourinhos (SP), depois de negar dinheiro para um desconhecido. A vítima levou duas facadas, uma atingiu a vértebra perto da nuca e a outra perfurou o pulmão. Ele permanece internado na Santa Casa.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a Polícia civil foi comunicada sobre um paciente que havia dado entrada na UPA vítima de ferimentos de arma branca.

Diante da comunicação o delegado plantonista acompanhado de um Policial Civil, se deslocou para a Santa Casa, uma vez que o paciente já havia sido transferido devido à gravidade dos ferimentos.

Após conversar com os familiares o delegado tentou conversar com a vítima hospitalizada, que declarou que estava no bar quando um desconhecido entrou e lhe pediu dinheiro, ele negou e ao sair do bar com uma garrafa de cerveja o tal sujeito retornou a lhe perturbar e exigir que lhe desse dinheiro, tendo neste momento iniciado uma briga do lado de fora do bar, quando foi golpeado.

A vítima também não soube informar o nome do bar, e muito menos os nomes das pessoas que lhe socorreram.

O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária como Roubo, e agora será investigado pela DIG.

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas