Fique conectado

Polícia

Inquérito e sindicância são abertos para apurar morte de ex-prefeito de Platina e o filho em troca de tiros com PMs

Benedito Carlos Clausen e o filho morreram baleados na quarta-feira (19) durante perseguição após desobedecerem ordem de parada da polícia. Investigação aponta que dupla iria praticar roubo na região de Assis.

Publicado em

500

Arma e munição que estavam com ex-prefeito e filho foram apreendidas após troca de tiros na zona rural de Assis — Foto: Policia Militar/Divulgação

Arma e munição que estavam com ex-prefeito e filho foram apreendidas após troca de tiros na zona rural de Assis (Foto: Policia Militar/Divulgação)

A Polícia Civil de Assis (SP) decidiu abrir um inquérito para investigar a troca de tiros que resultou na morte do ex-prefeito de Platina (SP), Benedito Carlos Clausen, de 71 anos, e do filho dele, Gilberto Jean Clausen, de 47 anos.

A Polícia Militar também abriu sindicância na corregedoria para apurar a ação dos policiais. A apuração segue sob sigilo.

A ocorrência foi na quarta-feira (19) durante uma perseguição policial. Pai e filho foram baleados após furarem um bloqueio da PM na estrada que liga Assis à Lutécia.

A polícia informou que a dupla, que era foragida da Justiça e tinha uma extensa ficha criminal, era monitorada depois que investigação apontou que eles iriam praticar roubos na região de Assis.

O ex-prefeito, conhecido como Dito Quati, e os dois filhos haviam sido condenados por roubo, formação de quadrilha, tráfico de drogas, estelionato, receptação e homicídio.

Segundo a PM, pai e filho desobedeceram a ordem de parada e atiraram contra os policiais durante a fuga. Nenhum dos policiais foi atingido pelos disparos, mas um ficou ferido quando os fugitivos jogaram o carro contra a viatura da Polícia Militar.

Dupla desobedeceu a ordem de parada da Polícia Militar e fugiu por uma estrada rural em Assis (Foto: Policia Militar/Divulgação)

Dupla desobedeceu a ordem de parada da Polícia Militar e fugiu por uma estrada rural em Assis (Foto: Policia Militar/Divulgação)

Um dos policiais caiu da viatura e acabou sendo atropelado pelo carro do ex-prefeito. O policial foi socorrido e teve fratura no braço. Outros dois policiais tiveram ferimentos leves durante o acidente com a viatura. Eles foram atendidos e tiveram alta.

No carro dos suspeitos, a polícia apreendeu uma pistola 765 e uma espingarda calibre 12.

Investigação

Desde segunda-feira, as polícias Civil e Militar receberam denúncias de que o ex-prefeito de Platina estava planejando praticar roubos na região de Assis. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) pediu interceptações telefônicas e descobriu que Benedito Clausen, o Dito Quati, e o filho iriam agir na região.

Clausen, que foi prefeito de Platina de 1989 a 1992, foi preso em Londrina, em 1995, acusado de tráfico internacional de drogas.

Na época, a Polícia Federal fechou um laboratório de refino de cocaína que seria do ex-prefeito de Platina (SP). A droga, segundo a PF, vinha da Bolívia e os 180 quilos de pasta base apreendidos na época foram avaliados em R$ 9 milhões.

Clausen e os filhos foram condenados a mais de 40 anos de prisão, mas, em 2003, ele e os dois filhos foram resgatados da cadeia de Londrina em uma ação comandada por membros da própria família, informou a polícia.

Ex-prefeito de Platina, conhecido como Dito Quati, estava foragido desde 2003 quando foi resgatado de um presídio em Londrina (Foto: Arquivo pessoal)

Ex-prefeito de Platina, conhecido como Dito Quati, estava foragido desde 2003 quando foi resgatado de um presídio em Londrina (Foto: Arquivo pessoal)

Polícia

Assaltante leva dinheiro de adega de bebidas no bairro São José em Palmital

Vítima teve prejuízo de aproximadamente R$ 200,00.

Publicado em

Do Jornal da Comarca

Um assaltante armado e encapuzado atacou uma adega de bebidas que funciona no início da avenida Brasil, em frente à praça do bairro São José, em Palmital (SP).

O crime ocorreu na noite de sábado (13), quando o comerciante de 47 anos se preparava para fechar o estabelecimento e foi rendido pelo ladrão, que subtraiu dinheiro e fugiu a pé. A Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu localizar o autor. O caso também foi registrado na Delegacia da Polícia Civil, que apurará a autoria do crime.

De acordo com registros de ocorrência, o assalto ocorreu por volta das 22 horas, quando o proprietário se preparava para fechar a adega. O comerciante narrou aos policiais militares que o assaltante entrou no estabelecimento usando calça jeans, blusa de moletom cinza, capuz e touca ninja para que suas características não pudessem ser observadas. A vítima disse que o ladrão era magro, mas não conseguiu visualizar sua fisionomia.

O assaltante portava um revólver cromado e exigiu dinheiro do comerciante, que lhe entregou aproximadamente R$ 200,00. Após subtrair os valores, o criminoso fugiu a pé em direção à rua Olímpio Braga, tomando rumo ignorado pela vítima.

A ocorrência foi atendida inicialmente por policiais militares, que realizaram diligências na cidade, mas sem êxito, e depois apresentada na Delegacia de Palmital, para a formalização da queixa e o início dos trabalhos de apuração do delito.

Continue lendo

Polícia

Mulher dá à luz dentro de carro na base da Polícia Rodoviária em Marília

Gestante entrou em trabalho de parto na Rodovia Transbrasiliana e o marido foi até a base para pedir ajuda. Mãe e bebê passam bem.

Publicado em

Do G1
Mulher começou a ter contrações na Rodovia Transbrasiliana em Marília (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
Mulher começou a ter contrações na Rodovia Transbrasiliana em Marília (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)

Um bebê nasceu dentro da base da Polícia Rodoviária Federal de Marília (SP) no domingo (14). Os policiais realizaram o parto da gestante e a situação inusitada teve um final feliz.

Segundo a Polícia Rodoviária, a mulher trafegava pela Rodovia Transbrasiliana com o marido quando começou a sentir contrações. Foi quando o homem parou o carro na base da Polícia Rodoviária que estava próxima e pediu ajuda.

Como não havia tempo hábil, o parto aconteceu dentro do carro, no pátio da base, porque não daria tempo de chegar até a maternidade.

Após o parto, mãe e filho foram encaminhados para o Hospital Materno Infantil de Marília. Os dois passam bem.

Mãe e filho foram encaminhados para o hospital; os dois passam bem — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Continue lendo

Polícia

Incêndio às margens de rodovia prejudica visibilidade de motoristas em Marília

Bombeiros foram acionados para controlar as chamas, que atingiram uma grande área de mata no acostamento da pista.

Publicado em

Do G1
Incêndio em mata às margens da rodovia prejudicou a visibilidade dos motoristas em rodovia de Marília — Foto: Claúdio Farneres/TV TEM
Incêndio em mata às margens da rodovia prejudicou a visibilidade dos motoristas em rodovia de Marília — Foto: Claúdio Farneres/TV TEM

Um incêndio em uma área às margens da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros prejudicou a visibilidade dos motoristas que trafegavam pelo trecho na noite de sábado (14), em Marília (SP).

Os bombeiros foram acionados para conter as chamas. Ainda segundo os bombeiros, o tempo seco contribui para aumentar esse tipo de ocorrência de fogo em mata.

Apesar do fogo ter atingido uma grande área às margens do acostamento e a fumaça ter invadido a pista, não foi registrado nenhum acidente no trecho.

Trecho da Comandante João Ribeiro de Barros foi prejudicado por incêndio. — Foto: Claúdio Farneres/TV TEM

Trecho da Comandante João Ribeiro de Barros foi prejudicado por incêndio. — Foto: Claúdio Farneres/TV TEM

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas