Fique conectado

Polícia

Suspeito morre após capotar carro roubado de motorista de aplicativo em Rancharia

Acidente aconteceu na Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes (SP-457). Corrida teve início em Presidente Prudente.

Publicado em

621

Suspeito de roubo morreu em capotamento, em Rancharia — Foto: Paulo Sérgio Santana/Cedida

Um homem, de 53 anos, morreu vítima de um acidente de trânsito na madrugada deste sábado (13), no km 67,2 da Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes (SP-457), em Rancharia. O carro que ele conduzia havia sido roubado de um motorista de aplicativo momentos antes do acidente.

O homem de 53 anos e outro, de 45, solicitaram uma corrida com o motorista de aplicativo em Presidente Prudente até Rancharia. No trajeto, a dupla anunciou o assalto, soltou o dono do carro em Rancharia e iniciou a fuga pela rodovia, segundo a Polícia Militar.

O veículo seguia no sentido Iepê – Bastos (SP), quando o condutor perdeu o controle da direção, saiu para a direita da rodovia e capotou, vindo a parar além do acostamento, de acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária.

Uma pessoa que passava pela estrada acionou o policiamento para o local do acidente.

Os dois ocupantes do veículo, ambos moradores de Presidente Prudente, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiro até a Santa Casa de Rancharia. O homem de 53 anos morreu no hospital por volta da 1h.

Já o passageiro, recebeu atendimento médico e foi liberado da unidade de sáude. Ele foi preso e aguarda audiência de custódia na Justiça.

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Civil de Rancharia.

Suspeito de roubo morreu em capotamento, em Rancharia — Foto: Paulo Sérgio Santana/Cedida

Suspeito de roubo morreu em capotamento, em Rancharia — Foto: Paulo Sérgio Santana/Cedida

Suspeito de roubo morreu em capotamento, em Rancharia — Foto: Paulo Sérgio Santana/Cedida

Suspeito de roubo morreu em capotamento, em Rancharia — Foto: Paulo Sérgio Santana/Cedida

Polícia

Polícia apreende celulares e eletrônicos sem nota fiscal com trio em rodovia de Florínea

Um homem e duas mulheres foram abordados na SP-333, em Florínea (SP), com material vindo do Paraguai escondido no para-choque e no painel. Eles foram levados para PF e liberados.

Publicado em

Do G1
A maior parte da apreensão foi de aparelhos celulares, 42 no total; havia também perfumes e componentes de computador — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação
A maior parte da apreensão foi de aparelhos celulares, 42 no total; havia também perfumes e componentes de computador — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

Três pessoas foram detidas e levadas para a Polícia Federal (PF) de Marília (SP) após serem surpreendidas na rodovia Miguel Jubran (SP-333), na noite desta terça-feira (10), com material eletrônico sem nota fiscal escondido no carro.

A abordagem aconteceu no km 450 da rodovia, em Florínea (SP), onde policiais pararam um veículo com placas de Foz do Iguaçu (PR).

Segundo a polícia, o motorista de 41 anos apresentou nervosismo e durante fiscalização foi encontrado o material ilegal escondido no painel e no para-choque do veículo.

No total, foram apreendidos 42 aparelhos celulares, seis perfumes, 470 cartões de memória e uma placa para computador, todos vindos do Paraguai e sem nota fiscal.

Além do motorista, no carro estavam duas mulheres, de 32 e 34 anos. O trio e o material foram encaminhados para a PF. As três pessoas que estavam no carro foram indiciadas por descaminho, ouvidas e liberadas.

Policial durante revista ao veículo que tinha produtos sem nota fiscal escondidos dentro do para-choque — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação'

Policial durante revista ao veículo que tinha produtos sem nota fiscal escondidos dentro do para-choque — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

Continue lendo

Polícia

Idoso morre após passar mal durante golpe de falso sequestro em Marília

Filho da vítima relatou à polícia que criminosos pediram R$ 5 mil para libertar sua irmã. Idoso ficou inconsciente no carro, quando os dois iam fazer a transferência, e parte do dinheiro foi depositada.

Publicado em

Do G1

A Polícia Civil investiga as circunstâncias da morte de um idoso de 66 anos que passou mal após ser vítima de um golpe de falso sequestro em Marília (SP). O filho de Luiz Antonio Lopes registrou um boletim de ocorrência de extorsão na terça-feira (10).

De acordo com o registro da Polícia Civil, o filho do idoso contou aos policiais que, no dia 1º de dezembro, seu pai havia recebido uma ligação, na qual criminosos diziam que tinham sequestrado a filha dele. Para libertá-la, a vítima precisaria fazer uma transferência de R$ 5 mil.

Após a ligação, pai e filho foram de carro até a agência bancária para fazer o depósito, mas no meio do caminho, o idoso passou mal e perdeu a consciência. Segundo a polícia, neste momento, o filho pegou o celular e começou a falar com um dos dois criminosos, que se identificou como integrante de uma facção criminosa.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, o filho levou o idoso ao pronto-socorro e continuou andando de carro pela cidade. Pelo celular, ele fez duas transferências para os criminosos, de R$ 2 mil e de R$ 1,7 mil.

Depois das transferências, segundo o homem relatou à polícia, um parente conseguiu entrar em contato com a filha do idoso, que informou que não tinha sido sequestrada.

No entanto, o idoso que foi levado ao pronto-socorro não resistiu ao “trauma que sofreu”, segundo o boletim de ocorrência, e morreu devido a um infarto.

Continue lendo

Polícia

Motociclista atropela criança na faixa de pedestre e foge sem prestar socorro em Assis

Menina de 11 anos sofreu fraturas e passará por cirurgia; caso aconteceu em frente a uma escola na Vila Triangulo.

Publicado em

Do AssisNews
Motociclista atropela criança na faixa de pedestre e foge sem prestar socorro em Assis (Foto: Google Street)

Uma menina de 11 anos sofreu fraturas pelo corpo após ser atropelada por um motociclista enquanto atravessava a faixa de pedestre por volta das 17h20 desta terça-feira (10).

O caso aconteceu em frente a escola Maria Amélia Castro Burali, na Vila Triangulo em Assis (SP).

A vítima foi socorrida por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiro e levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Assis. Ela sofreu fraturas e passará por cirurgias.

O motociclista, que pilotava uma Honda/CG Titan 150, fugiu do local sem prestar socorro a vítima.

A Polícia vai investigar o caso.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas