Açougueiro é preso após ferir ex-namorada com canivete em Marília

Ocorrência aconteceu por volta de 23h de quarta-feira (28).

O açougueiro Pedro Gomes dos Santos, de 23 anos, foi preso por violência doméstica e lesão corporal na madrugada desta quinta-feira (29) em Marília.

Segundo o Boletim de Ocorrência por volta de 23h de quarta-feira (28), a Polícia Militar foi chamada para atender a um desentendimento entre casal. A vítima, uma auxiliar de escritório de 21 anos estaria aguardando os policiais em um posto de combustíveis localizado na avenida Santo Antônio.

Quando chegaram ao endereço, encontraram a auxiliar de escritório que informou estar no terceiro mês de gestação e que havia tido um relacionamento com Pedro, porém ele não se conformava com o término e passou a procurá-la para tentar reatar.

Nesta quarta, a auxiliar de escritório chegou na faculdade e o açougueiro estava a esperando na porta. Os dois entraram no carro dele e em seguida teriam parado na Praça São Bento onde conversaram.

Após a vítima dizer que não reataria o relacionamento, Pedro se alterou e pegou um canivete com o qual passou a ameaçá-la.

Ele dizia que se a mulher não obedecesse iria cortá-la. Em seguida transitaram por algumas vias e quando passaram pelo posto o açougueiro decidiu parar.

A vítima tentou caminhar até a loja de conveniência e Pedro tentou segurá-la a golpeando com o canivete, causando um ferimento nas costas.

Logo após ele fugiu. Os militares tentaram localizar o homem, mas não conseguiram e encaminharam a vítima até a Central de Polícia Judiciária (CPJ).

Enquanto a ocorrência era registrada, o açougueiro se apresentou no plantão e negou ter ferido a ex-namorada, alegando que ela tinha se cortando quando encostou no veículo.

Diante dos fatos o delegado de plantão decidiu pelo auto de prisão em flagrante e Pedro será apresentado em audiência de custódia. A vítima solicitou também medidas protetivas de urgência.

#MAIS LIDAS DA SEMANA