Fique conectado

Polícia

Homem suspeito de matar mulher durante briga em churrasco se apresenta na delegacia e nega crime

Suspeito, de 34 anos, é irmão da namorada da vítima e alegou que não atirou contra a jovem Angélica Mendes Teodoro. Crime foi registrado em Cândido Mota.

Publicado em

503

Angélica Mendes Teodoro, de 27 anos, foi atingida por dois disparos, na cabeça e abdômen, e não resistiu ao ferimentos (Foto: Arquivo pessoal)
Angélica Mendes Teodoro, de 27 anos, foi atingida por dois disparos, na cabeça e abdômen, e não resistiu ao ferimentos (Foto: Arquivo pessoal)

O suspeito de matar uma mulher de 27 anos durante festa em uma chácara, em Cândido Mota, se apresentou à Polícia Civil e negou ser o autor do crime nesta segunda-feira (19).

O caso foi registrado no dia 11 de agosto. A vítima, Angélica Mendes Teodoro, se envolveu em uma discussão com um rapaz e, durante a briga, acabou baleada. Outras duas pessoas chegaram a ser atingidas pelos disparos e precisaram ser socorridas.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Gustavo Barbosa de Siqueira, as investigações e as quatro testemunhas ouvidas apontam o suspeito como autor do crime.

De acordo com o delegado, o suspeito, de 34 anos, negou ter qualquer forma de preconceito, já que uma das linhas de investigação afirmavam que o crime teria sido motivado por homofobia. A vítima, segundo a polícia, tinha um relacionamento com a irmã do suspeito.

“Estava pronto para fazer o pedido de prisão temporária do suspeito, mas ele e o advogado vieram à delegacia, se comprometeram à colaborar com as investigações. Ele disse que a irmã estava desaparecida há quatro anos e, quando descobriu seu paradeiro, combinaram de fazer um churrasco, onde o desentendimento aconteceu”, afirmou.

O delegado contou ainda que a defesa aguarda a apuração dos fatos, e que apresentará as provas necessárias e suficientes para esclarecer o crime.

A polícia aguarda também o resultado dos exames realizados, além de proceder com as oitivas para chegar as informações que permitam solucionar o caso.

Caso

Uma mulher de 27 anos foi morta a tiros durante uma festa em uma chácara, em Cândido Mota (SP), em 11 de agosto. Outras duas pessoas foram socorridas após serem atingidas por disparos, o estado de saúde não foi informado.

A vítima, Angélica Mendes Teodoro, se envolveu em uma discussão com um rapaz e, durante a briga, acabou baleada. Devido aos ferimentos, ela não resistiu e morreu no local.

O caso foi registrado como homicídio qualificado.

Polícia

Bebê de 8 meses morre após engasgar com “papinha” em creche

Menino chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu. Caso aconteceu em Tupã (SP).

Publicado em

Do Tupã Noticias

A Santa Casa de Misericórdia de Tupã confirmou na tarde desta sexta-feira (21) a morte do bebê de 8 meses que havia sido socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Tupã após engasgar com papinha na Creche Almerinda Ramos de Souza Leão, localizada na Zona Leste de Tupã (SP).

O Corpo de Bombeiros de Tupã foi acionado por volta de 10h40 pois um bebê de aproximadamente 8 meses estava engasgado.

Rapidamente a Unidade de Resgate, com o Sargento Aristóteles e Cabos Minhoto e Gilmar, foi deslocada para o atendimento, enquanto o Soldado Izidoro foi passando orientações por telefone, que possibilitou a desobstrução parcial das vias respiratórias da criança.

Na creche os bombeiros  constataram que criança  estava com um bloqueio parcial das vias aéreas, sendo prontamente encaminhada para o Pronto Socorro da Santa Casa de Tupã, onde a equipe médica deu sequência ao atendimento hospital.

Segundo apurado, a criança respirava com dificuldades,  e de imediato foi internada na UTI onde não veio a óbito por volta das 14 horas.

Uma equipe da Secretária Municipal de Educação de Tupã  esteve  na Santa Casa dando suporte a criança e a família.

No hospital, o bebê chegou a ser entubado e passou por procedimentos médicos que duraram cerca de uma hora. Infelizmente o bebê não resistiu e veio a óbito. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Tupã.

Continue lendo

Polícia

Caminhonete do Corpo de Bombeiros capota em rodovia de Marília

Acidente aconteceu na Rodovia Rachid Rayes e suspeita é de que veículo tenha aquaplanado. Ninguém ficou ferido.

Publicado em

Do G1

Uma caminhonete do Corpo de Bombeiros capotou na manhã desta sexta-feira (21) na Rodovia Rachid Rayes em Marília (SP).

Segundo a Polícia Rodoviária, a viatura seguia de Cândido Mota para Marília e aquaplanou na pista, no quilômetro 354. O motorista perdeu o controle do veículo, que capotou na rodovia.

A polícia informou que a caminhonete tinha quatro pessoas, mas ninguém se feriu. Não foi necessário interditar a rodovia.

Acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira (21) na Rodovia Rachid Rayes em Marília — Foto: Jornal do Povo/Divulgação

Acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira (21) na Rodovia Rachid Rayes em Marília — Foto: Jornal do Povo/Divulgação

Continue lendo

Polícia

Polícia Civil de Palmital apreende adolescente autor de roubo

O adolescente foi encaminhado para a Cadeia Pública de Lutécia (SP).

Publicado em

Polícia Civil de Palmital apreende adolescente autor de roubo

A Polícia Civil de Palmital esclareceu um roubo ocorrido na última quinta-feira, dia 13/02/2020, e neste dia 19/02/2020 apreendeu o adolescente envolvido.

O ato teria ocorrido contra um motociclista entregador de encomendas quando um indivíduo em via pública e com o rosto coberto por um capacete, utilizando-se de uma arma tipo pistola, anunciou o roubo contra o motociclista e tentou subtrair seu veículo e pertences, tendo conseguido o motociclista fugir do ataque.

A equipe de investigação da Polícia Civil local conseguiu identificar o autor como sendo um adolescente de 16 anos com passagens por atos infracionais anteriores por condutas equiparadas a furtos e tráfico de drogas. Diante do extenso passado por atos infracionais anteriores apesar da pouca idade, o Delegado de Polícia de Palmital Giovani Bertinatti pediu a imediata internação provisória do adolescente, que foi deferida pela Vara da Infancia e Juventude da Comarca, e o adolescente recolhido nesta quarta-feira.

A arma do crime foi apreendida, uma pistola simulacro tipo airsoft, e o adolescente confessou a prática do crime.

O adolescente foi encaminhado para a Cadeia Pública de Lutécia (SP). e será encaminhado para a Fundação Casa, podendo ficar internado por até 3 (três) anos.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas