Mãe denuncia filho de ameaçá-la ao pedir dinheiro para drogas em Palmital

Advogada disse à Polícia Civil que rapaz já havia lhe agredido anteriormente e foi preso por violência contra ela anteriormente.

A Polícia Civil recebeu na última quinta-feira (07) a denúncia de uma mãe que foi ameaçada pelo próprio filho, que a procurou para pedir dinheiro para comprar droga.

No registro policial, classificado como violência doméstica, a mãe, uma advogada de 62 anos, disse que seu filho, um desempregado de 29, a ameaçou de morte caso não lhe passasse valores para manter o vício.

A equipe da Delegacia de Palmital está trabalhando para viabilizar junto ao Judiciário uma “medida protetiva” para a mulher, com base na lei Maria da Penha.

De acordo com registros oficiais, a advogada compareceu à Delegacia de Palmital e denunciou que seu filho, usuário de drogas, a agride com frequência a socos e chutes nas pernas e na barriga para conseguir dinheiro que usa para comprar os entorpecentes que usa.

Na manhã de quinta-feira, conforme relato da mulher, o rapaz a procurou e disse que iria matá-la caso não desse mais dinheiro.

Diante da situação, a mãe procurou a Polícia Civil para denunciar a violência praticada pelo filho e pedir uma medida protetiva ao Judiciário, evitando que o filho se aproxime dela e continue com as agressões. A advogada revelou ainda que tem medo do filho, que já foi preso anteriormente por agressões contra ela, permanecendo encarcerado por cinco meses.

#MAIS LIDAS DA SEMANA