Fique conectado

Polícia

Mãe denuncia filho de ameaçá-la ao pedir dinheiro para drogas em Palmital

Advogada disse à Polícia Civil que rapaz já havia lhe agredido anteriormente e foi preso por violência contra ela anteriormente.

Publicado em

604

Mãe denuncia filho de ameaçá-la ao pedir dinheiro para drogas em Palmital

A Polícia Civil recebeu na última quinta-feira (07) a denúncia de uma mãe que foi ameaçada pelo próprio filho, que a procurou para pedir dinheiro para comprar droga.

No registro policial, classificado como violência doméstica, a mãe, uma advogada de 62 anos, disse que seu filho, um desempregado de 29, a ameaçou de morte caso não lhe passasse valores para manter o vício.

A equipe da Delegacia de Palmital está trabalhando para viabilizar junto ao Judiciário uma “medida protetiva” para a mulher, com base na lei Maria da Penha.

De acordo com registros oficiais, a advogada compareceu à Delegacia de Palmital e denunciou que seu filho, usuário de drogas, a agride com frequência a socos e chutes nas pernas e na barriga para conseguir dinheiro que usa para comprar os entorpecentes que usa.

Na manhã de quinta-feira, conforme relato da mulher, o rapaz a procurou e disse que iria matá-la caso não desse mais dinheiro.

Diante da situação, a mãe procurou a Polícia Civil para denunciar a violência praticada pelo filho e pedir uma medida protetiva ao Judiciário, evitando que o filho se aproxime dela e continue com as agressões. A advogada revelou ainda que tem medo do filho, que já foi preso anteriormente por agressões contra ela, permanecendo encarcerado por cinco meses.

Polícia

Polícia apreende três caminhões com cigarros contrabandeados em Assis e região

Dois dos caminhões foram abordados na Raposo Tavares, em Assis, e um terceiro estava a cerca de 50 km de distância, em Ourinhos. Carga suspeita de sair do Paraguai foi levada para a PF de Marília.

Publicado em

Do G1
Dois dos caminhões carregados com caixas de cigarros foram apreendidos na SP-270, em Assis — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação
Dois dos caminhões carregados com caixas de cigarros foram apreendidos na SP-270, em Assis — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

A Polícia Rodoviária apreendeu nesta terça-feira (19) três caminhões carregados com caixas de cigarros na mesma rodovia do interior paulista.

Dois dos caminhões foram abordados no km 438 da rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Assis (SP), e um terceiro estava a cerca de 50 km de distância, em Ourinhos.

Segundo informações da polícia, nos dois caminhões parados na SP-270, em Assis, os motoristas demonstraram nervosismos e versões controversas sobre a viagem.

Durante vistoria na carga, os policiais encontraram uma grande quantidade de caixas de cigarros que seriam contrabandeadas do Paraguai.

O terceiro caminhão, abordado em Ourinhos, também estava lotado de caixas do mesmo tipo de cigarro.

A Polícia Rodoviária não informou a quantidade de cigarros apreendida e toda a carga foi encaminhada para a delegacia da Polícia Federal de Marília.

Continue lendo

Polícia

Mãe é presa suspeita de deixar bebê sozinho por 12h em casa

Segundo a polícia, mulher tinha saído na noite de segunda-feira (18) para comprar drogas. Criança foi encontrada suja e com fome em Santa Cruz do Rio Pardo.

Publicado em

Do G1
Mãe é presa suspeita de deixar bebê sozinho por 12h em casa em Santa Cruz do Rio Pardo — Foto: Reprodução/TV TEM
Mãe é presa suspeita de deixar bebê sozinho por 12h em casa em Santa Cruz do Rio Pardo — Foto: Reprodução/TV TEM

Uma mulher de 31 anos foi presa suspeita de deixar o filho de dois meses sozinho dentro de casa, por cerca de 12h, na manhã desta terça-feira (19), em Santa Cruz do Rio Pardo (SP).

Segundo a polícia, a mãe tinha saído de casa às 21h de segunda-feira (18) para comprar drogas e, até a manhã desta terça-feira (19), ainda não tinha retornado à residência.

A polícia descobriu o ocorrido depois que a sogra foi até a casa da mulher e ouviu o choro da criança. A porta da casa estava fechada e a sogra decidiu acionar a polícia.

“A polícia conseguiu ter acesso ao interior da casa por uma janela do banheiro e se deparou com a criança na cozinha no carrinho de bebê, chorando compulsivamente”, relata o delegado Renato Mardegan.

Com isso, os policiais acionaram o Conselho Tutelar. Eles trocaram as roupas e a fralda da criança, que estava suja. Em seguida, segundo a polícia, o bebê foi encaminhado para a UPA, para verificar as condições de saúde dele.

“Segundo informações extraoficiais junto à UPA, a criança está bem cuidada, mas estava chorando de fome, então o conselho agora vai tentar providenciar o encaminhamento dela para alguma das instituições da cidade”, explica o delegado.

A mãe da criança foi localizada na manhã desta terça-feira (19) no Bairro Bom Jardim, perambulando pelas ruas. Ela foi presa em flagrante e pode responder judicialmente por crimes como abandono de incapaz ou maus-tratos, dependendo do resultado das investigações.

Segundo o delegado, o pai do bebê trabalha em uma cidade vizinha e fica a semana toda fora. Assim, é a mãe quem fica responsável por cuidar da criança.

“Nós estamos registrando a ocorrência para apurar a conduta dessa mãe, onde deixou essa criança correndo sérios riscos, sozinha dentro da casa”, completa o delegado.

Continue lendo

Polícia

Homem é preso suspeito de vender cocaína com “Pó Royal” em Assis

Suspeito de 31 anos confessou que misturava os produtos em um liquidificador. Droga seria embalada e vendida por R$ 2.500.

Publicado em

Do G1
Homem é preso suspeito de vender cocaína com fermento em pó em Assis — Foto: Polícia Militar/Divulgação
Homem é preso suspeito de vender cocaína com fermento em pó em Assis — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Um homem de 31 anos foi preso suspeito de vender cocaína refinada misturada com fermento em pó, na noite de segunda-feira (18), em Assis (SP).

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe fazia patrulhamento quando viu o homem de 31 anos na calçada da Rua São Carlos, local conhecido por tráfico de drogas. Os policiais abordaram o suspeito e encontraram R$ 272 na carteira dele.

O homem não soube justificar a origem do dinheiro e, questionado pela PM, confessou que tinha 50 gramas de cocaína em sua casa, prontas para serem embaladas e vendidas.

No imóvel, a polícia encontrou a droga. O homem contou que usava um liquidificador para misturar a cocaína com fermento em pó.

Ainda de acordo com a PM, ele também disse que comprou a quantidade por R$ 900 e que, depois de refinada, a venderia por R$ 2.500.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia de Assis, onde permanece preso à disposição da Justiça.

No total foram encontradas 82 gramas de cocaína, que foram apreendidas junto com o celular e o liquidificador do suspeito.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas