A idosa que foi atingida por 38 facadas em Oriente (SP) recebeu alta da UTI neste fim de semana e segue sob os cuidados da enfermaria do Hospital das Clínicas de Marília (SP). A filha dela é suspeita do crime e permanece presa na penitenciária de Pirajuí.

A idosa de 71 anos, foi achada desacordada dentro de casa com facadas pelo corpo no dia 12 de setembro. A filha dela, de 45 anos, foi presa no dia seguinte depois de confessar que esfaqueou a mãe.

A mulher, que morava nos fundos da casa da mãe, confessou o crime depois que policiais analisaram câmeras de segurança, que revelaram que ninguém havia entrado na casa no dia do crime.

As equipes foram até o local e encontram facas com vestígios de sangue. Indagada, a filha confessou que no dia anterior havia subtraído o cartão bancário da idosa e sacado dinheiro de sua aposentadoria.

Porém, a mãe descobriu e, ao confrontá-la sobre o dinheiro, a filha alega que teve uma crise psicológica e a agrediu com golpes de faca, além de quebrar um vaso de planta em sua cabeça.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Júri condena por feminicídio homem acusado de matar a esposa e pena passa dos 15 anos

Crime ocorreu em março de 2020, no bairro Pioneiro 2. Alex Paschoal Betti alegou em depoimento à Polícia Civil que sua mulher estava o traindo e que ‘perdeu a cabeça’ durante uma discussão.

Polícia conclui inquérito e padre é indiciado por tentativa de homicídio

Inquérito foi concluído sem depoimento do frei.