Fique conectado

Polícia

Policial é agredido durante atendimento a ocorrência de briga doméstica em Palmital

Amigo que estava na residência de casal desferiu soco em PM e, supostamente embriagado, bateu o carro quando fugia; caso será apurado pela Polícia Civil.

Publicado em

1.061

A Polícia Civil está apurando suposta embriaguez ao volante e desacato, com agressão a policial militar, ocorridos na noite do último domingo (29) na região central de Palmital (SP).

A ocorrência foi originada a partir de um chamado para atendimento a um caso de desentendimento doméstico entre um operador, de 40 anos, e sua mulher, uma dona-de-casa, de 31. O atendimento policial foi feito na Rua Marechal Rondon, por volta das 21 horas.

A equipe da PM foi até a residência para fazer orientações e, quando finalizava os trabalhos, um homem de 26 anos, amigo do morador da casa, desferiu um soco em um policial, que se desequilibro e torceu o tornozelo. Durante a confusão, o marido também teria partido para cima do soldado, que o empurrou e o fez caiu ao chão, machucando o nariz.

Os homens, que estariam visivelmente embriagados e alterados, fugiram enquanto os policiais atendiam o companheiro, que foi encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal. A cerca de 300 metros da residência, em frente a uma igreja, o carro em que eles estavam bateu contra um veículo GM Onix, cujo motorista sofreu ferimentos e necessitou de atendimento médico.

Os dois também sofreram ferimentos e foram igualmente encaminhados ao Pronto-Socorro. O motorista, que foi o responsável pela agressão ao policial, se negou a fazer o teste do bafômetro, mas concordou em fornecer sangue para constatação de embriaguez. Os dois acusados foram enquadrados por desacato durante os trabalhos realizados na Delegacia da Polícia Civil, que deverá apurar as circunstâncias dos fatos. Após os registros, todos foram liberados.

Polícia

Corpo encontrado enterrado no Cervinho é de mulher desaparecida

Vítima tinha 46 anos e era moradora de Cambará (PR).

Publicado em

Do AssisNews
Corpo encontrado enterrado no Cervinho é de mulher desaparecida (Foto: Arquivo Pessoal)

O corpo de uma mulher, que foi encontrado enterrado em um canavial na Água do Cervinho, na zona rural de Assis (SP), foi identificado nesta sexta-feira (18).

Trata-se de Vera Soares, de 46 anos, moradora de Cambará (PR), que estava desaparecido desde o dia 9 de outubro.

O corpo foi identificado pelo filho da mulher, Bruno Everson Soares, de 27 anos, que reconheceu o corpo no IML da cidade. Ainda segundo Bruno, o corpo não tem marcas de tiro, nem de facadas.

O corpo de Vera será liberado e sepultado em Cambará.

A Polícia Civil vai investigar o caso.

O Caso

Segundo os bombeiros, moradores que passavam pelo local no fim da tarde sentiram um cheiro muito forte e encontraram uma mão estava para fora da terra. Os moradores, então, acionaram a polícia, que chamou os bombeiros para desenterrar o corpo.

De acordo com os bombeiros, pela situação que o corpo foi encontrado aparentava que a mulher foi enterrada há pouco tempo.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Assis para passar por exames e saber a causa da morte.

Continue lendo

Polícia

Dono de fazenda é multado em mais de R$ 23 mil na região

Homem recebeu um auto de infração ambiental por queima de cana de açúcar.

Publicado em

Do Marília Notícia
Dono da fazenda foi multado (Foto: Divulgação)
Dono da fazenda foi multado (Foto: Divulgação)

O dono de uma fazenda foi multado nesta quinta-feira (17) por fogo em área pastoril na área rual de Ibirarema (SP).

Segundo a Polícia Ambiental, durante patrulhamento uma equipe visualizou uma área agropastoril com queima de cana de açúcar, sem autorização do órgão competente.

A área total atingida foi de 23,84 hectares. Foi realizado contato com o responsável pela fazenda sendo lavrado um auto de infração ambiental no valor de R$ 23.840.

Dono da fazenda foi multado (Foto: Divulgação)

Dono da fazenda foi multado (Foto: Divulgação)

Continue lendo

Polícia

Mulher morre após ser esfaqueada pelo namorado em Assis

Vítima chegou a passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu.

Publicado em

Do AssisNews
Mulher morre após ser esfaqueada pelo namorado em Assis (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Uma mulher de 35 anos morreu após ser esfaqueada pelo próprio namorado na madrugada desta quinta-feira (17) em Assis (SP).

De acordo com informações da Polícia, o caso foi registrado por volta das 4h30, na Rua Pedro Alvares Cabral, na Vila São Benedito. A vítima, teria sido atingida na região do abdômen e da virilha.

Após o crime o autor, de 29 anos, fugiu, mas foi encontrado e preso pela polícia noite do mesmo dia.

Feminicídio

A vítima chegou a ser socorrida por uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros e foi encaminhada ao Núcleo de Atendimento Referenciado (NAR) do Hospital Regional de Assis.

Ela passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu.

O homem, que já possuía um mandado de prisão em aberto, foi preso.

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas