Fique conectado

Polícia

Operação República registra aumento de 100% de casos de ‘embriaguez’

Balanço foi divulgado nesta segunda-feira (18), pela Terceira Companhia de Policiamento Rodoviário de Assis.

Publicado em

340

Operação República registra aumento de 100% de casos de ‘embriaguez’

A Terceira Companhia de Policiamento Rodoviário de Assis divulgou na tarde desta segunda-feira (18), o balanço da Operação República, encerrada na noite de domingo nas estradas da região. Em comparativo com as atividades de 2018, as autuações em decorrência de motoristas flagrados sob o efeito de álcool e por se recusarem ao teste do etilômetro (bafômetro), teve aumento de 100% nas rodovias da região de Assis.

Se levar em conta os registros em toda extensão de rodovias que compreendem a área da Terceira Companhia, que atinge além da região de Assis, Marília e Ourinhos, o número é ainda maior. Os flagrantes de embriaguez ao volante tiveram aumento de 128%.

Segundo o comando, o Policiamento Rodoviário tem priorizado além das fiscalizações de embriaguez ao volante, às ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade, falta de uso do cinto de segurança, mal estado de conservação dos veículos e outros comportamentos nocivos à segurança viária por parte dos usuários das vias.

“Com o foco principal na preservação da vida, foram fiscalizados 1.312 veículos, cabendo destacar os seguintes resultados: 521 autuações, além da captação de 1.493 imagens de radar com flagrantes de excesso de velocidade, o que demonstra que a imprudência dos motoristas ainda é elevada; 64 autuações em decorrência de motoristas flagrados sob o efeito de álcool e por se recusaram ao teste do etilômetro, 106 autuações por não utilizarem o cinto de segurança e outros dispositivos de retenção; 52 autuações por ultrapassagem em local proibido, 46 autuações em veículos por mau estado de conservação”, informou o balanço.

A Operação República foi realizada pela Polícia Militar Rodoviária, em parceria com o Der, Artesp e as Concessionárias de Rodovias, alinhada ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito (MPST) e ao Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011-2020 (ONU).

Polícia

Polícia prende suspeito de matar jovem transexual e deixar corpo às margens de rodovia

Segundo a polícia, a jovem de 23 anos era garota de programa e o suspeito seria um cliente. Em depoimento, ele confessou o crime e disse que matou a vítima por asfixia após ela tentar extorqui-lo.

Publicado em

Do G1
Morador encontra corpo de jovem transexual em propriedade rural de Marília — Foto: Facebook/Reprodução
Morador encontra corpo de jovem transexual em propriedade rural de Marília — Foto: Facebook/Reprodução

A Polícia Civil de Marília (SP) prendeu na tarde desta terça-feira (10) um homem de 44 anos suspeito de matar uma jovem transexual. O corpo de Marcelle Brandina, como era conhecida, foi encontrado na altura do quilômetro 348 da Rodovia Rachid Rayes (SP-333) por uma pessoa que colhia mangas na região.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Valdir Tramontini, a vítima era garota de programa e o suspeito seria um cliente dela.

Ainda de acordo com as investigações, os dois se encontraram em um hotel em Vera Cruz na tarde de segunda-feira (9) e homem, que confessou o crime durante depoimento na delegacia, disse que matou Marcelle por asfixia, com um golpe mata-leão, após ela tentar extorqui-lo.

A Polícia Militar e a perícia técnica haviam informado, após o corpo ser encontrado, que havia um ferimento possivelmente causado por tiro nas costas, no entanto, não foi confirmado no exame necroscópico, que apontou a causa da morte por asfixia.

O delegado informou ainda que o homem não tem passagem pela polícia. Ele foi encontrado em uma área rural na região de Marília e tentava suicídio, mas foi impedido pelos policiais.

Ainda segundo Tramontini, a vítima foi morta no hotel e depois o suspeito levou o corpo até a propriedade rural às margens da rodovia.

Corpo foi encontrado às margens de rodovia em Marília — Foto: Arquivo pessoal

Corpo foi encontrado às margens de rodovia em Marília — Foto: Arquivo pessoal

O homem também retornou o hotel para pegar o carro de Marcelle, que foi localizado próximo ao Samu em Marília. Ele teve a prisão temporária decretada e foi encaminhado para a cadeia pública de São Pedro do Turvo.

A família da jovem chegou a procurar a polícia para informar o desaparecimento dela. Contudo, quando os familiares chegaram à delegacia de Tupã, onde moram, foram informados sobre a morte dela.

Continue lendo

Polícia

Corpo de jovem é encontrado com tiro nas costas próximo à SP-333

Vítima foi encontrada por homem que colhia mangas na região. Segundo a polícia, corpo foi encontrado sem sinais de decomposição, o que levanta a suspeita de que ela foi morta há pouco tempo.

Publicado em

Do G1
Morador encontra corpo de jovem transexual em propriedade rural de Marília — Foto: Facebook/Reprodução
Morador encontra corpo de jovem transexual em propriedade rural de Marília — Foto: Facebook/Reprodução

Um morador encontrou o corpo de uma jovem transexual, de 23 anos, em uma propriedade rural próxima a Rodovia Rachid Rayes (SP-333), na manhã desta terça-feira (10), em Marília (SP).

Segundo a Polícia Rodoviária, o corpo de Marcelle Brandina, como era conhecida, foi encontrado na altura do quilômetro 348 da rodovia, por uma pessoa que colhia mangas na região.

A Polícia Militar informou que a vítima tinha uma marca de tiro no lado esquerdo das costas e o corpo foi encontrado sem sinais de decomposição, o que levanta a suspeita de que ela foi morta há pouco tempo.

A família da jovem foi até a Central de Polícia Judiciária de Tupã (SP), durante a manhã, para registrar o desaparecimento dela.

Segundo a polícia, quando os parentes estavam na delegacia, receberam a informação de que ela foi encontrada morta em Marília. A Polícia Civil investiga o caso.

Continue lendo

Polícia

Homem morto em acidente em Palmital é identificado

Vítima tinha 46 anos e era morador de Campos Novos Paulista.

Publicado em

Do Jornal da Comarca
Vinicius dos Santos Francisco, de 46 anos, era morador de Campos Novos (Foto: Arquivo Pessoal)

O motociclista Vinicius dos Santos Francisco, de 46 anos, morreu no início da tarde desta segunda-feira (09) em acidente na rodovia Nelson Leopoldino, em Palmital (SP). Ele era morador de Campos Novos Paulista e pilotava uma moto que se chocou contra uma caminhonete no trevo de acesso à Raposo Tavares. Devido à violência do impacto, teve morte no local. Seu irmão Rosemiro Aparecido Francisco, de 40 anos, estava na garupa e sofreu ferimentos leves.

Segundo informações policiais, o acidente ocorreu por volta do meio-dia, quando a picape VW Saveiro utilizava a alça do quilômetro 418 da Raposo Tavares para entrar na Nelson Leopoldino, em sentido a Palmital. A Yamaha Fazer 250 com os dois irmãos veio de Campos Novos Paulista pela pista oposta e havia passado por baixo do viaduto.

De acordo com registros da polícia, que ainda vai apurar as circunstâncias do acidente, a picape teria entrado na pista da Nelson Leopoldino, sendo atingida na lateral dianteira direita pela moto. A Saveiro, que pertence a uma empresa do município, era conduzido por um motorista de 23 anos que estava acompanhado de um colega de trabalho.

Com a violência da batida, os dois irmãos foram jogados ao solo. Vinicius teve lesões fatais e foi a óbito no local. O corpo da vítima foi levado para o IML de Assis, para necropsia. Posteriormente. Rosemiro foi socorrido pelo Samu até o Pronto-Socorro da Santa Casa de Misericórdia de Palmital. Ele sofreu fratura em uma das pernas e ferimentos de natureza leve, não correndo risco de morte.

A Polícia Rodoviária Estadual fez o primeiro atendimento à ocorrência e acionou a Polícia Civil, que fez a qualificação das partes e acionou o Instituto de Criminalística de Assis, que realizou a perícia no local. Vinicius era casado e deixou três filhos e dois netos.

Motociclista morre em acidente em rodovia de Palmital (Foto: Jornal da Comarca)

Motociclista morre em acidente em rodovia de Palmital (Foto: Jornal da Comarca)

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas