Polícia identifica suspeitos de matar a tiros dono de bar e jovem em Assis

Segundo as investigações, dois homens de 28 anos tiveram a prisões temporárias decretadas, mas seguem foragidos. A motivação do crime seria rixa surgida após revelação de abuso sexual sofrido por uma das vítimas.

As vítimas fatais Romualdo Bastos Alves, de 48 anos e Marco Antônio Lino dos Santos, de 19 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
As vítimas fatais Romualdo Bastos Alves, de 48 anos e Marco Antônio Lino dos Santos, de 19 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

A Polícia Civil de Assis (SP) anunciou nesta quarta-feira (13) que identificou os dois suspeitos de matar a tiros o dono de um bar e um jovem, na madrugada do último domingo (10).

O crime aconteceu durante uma discussão no estabelecimento localizado na Vila Ribeiro, onde uma terceira vítima também foi atingida, nas nádegas. Esta vítima foi levada para Unidade de Pronto-Atendimento e não corre riscos.

De acordo com o delegado Marcelo Armstrong, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Assis, dois homens, ambos de 28 anos, foram identificados como autores dos disparos que mataram o dono do bar, Romualdo Bastos Alves, de 48 anos, e o jovem Marco Antônio Lino dos Santos, de 19. Os dois foram enterrados em Assis na última segunda-feira (11).

O delegado informou que as prisões temporárias dos suspeitos já foram decretadas pela Justiça e ambos agora são considerados foragidos.

A Polícia Civil investiga ainda a participação de um terceiro suspeito que teria ajudado na fuga dos autores dos disparos.

Além de identificar os suspeitos, a polícia também apurou que a motivação do crime seria um abuso sexual que Marco Antônio teria sofrido quando ela ainda era menor de idade.

O delegado explicou que os dois suspeitos do crime teriam participado desse abuso e que a descoberta do fato gerou uma rixa entre as famílias que culminou no crime.

#MAIS LIDAS DA SEMANA