Polícia Civil de Assis e Gaeco do PR prendem integrantes de quadrilha que desviava cargas de óleo e combustível

Dois homens foram detidos em flagrante na Base da Polícia Rodoviária na divisa entre SP e o Paraná. Caminhão com 32 toneladas de carga de óleo de algodão foi apreendido em Tarumã (SP).

A Polícia Civil de Assis (SP) prendeu, nesta terça-feira (17), dois integrantes de uma quadrilha que aplicava golpes e desviava cargas de empresas de diversas partes do Brasil.

A prisão foi feita pela Delegacia de Investigações (DIG), com o apoio de policiais que atuam junto ao Gaeco de Maringá (PR). A quadrilha, segundo a polícia, atuava desviando óleos minerais e combustíveis de empresas e repassando a outros comércios, por preços abaixo do mercado.

Como parte dos golpes, eles registravam falsas comunicações de roubo em delegacias do estado de São Paulo. Os dois suspeitos foram detidos em flagrante na base da Polícia Rodoviária na divisa entre o estado de SP e PR.

Eles vão ser investigados por associação criminosa, estelionato e comunicação falsa de crime. Os dois passaram por audiência de custódia em Maringá e foi arbitrada fiança, que ainda não foi recolhida, e eles permanecem à disposição da Justiça no Anexo de Detenção Provisória da Penitenciária de Assis.

Em Tarumã (SP), a polícia apreendeu um caminhão com 32 toneladas de carga de óleo de algodão. Na cidade, também foram apreendidos outros veículos e objetos utilizados pela quadrilha. Segundo a polícia, o grupo também atuava nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

#MAIS LIDAS DA SEMANA