Fique conectado

Polícia

Polícia Civil de Palmital prende assassino de agente de atletas

Odair Donizeti de Oliveira foi morto com um tiro na noite de domingo (01).

Publicado em

1.274

Odair Donizeti de Oliveir (Foto: Arquivo Pessoal)
Odair Donizeti de Oliveira foi morto com um tiro na noite de domingo (Foto: Divulgação)

Menos de 72 horas depois do assassinato do agenciador de jogadores de futebol Odair Donizete de Oliveira, o Dairzinho, de 43 anos, a equipe da Polícia Civil de Palmital (SP), comandada pelo delegado Giovanni Bertinatti, identificou e prendeu o autor do homicídio.

A prisão aconteceu no começo da noite desta quarta-feira (04), quando o autor foi conduzido à Delegacia de Polícia, confessou o crime e apresentou a arma usada para matar o agenciador.

Polícia Civil de Palmital identifica e prende assassino de Dairizinho

Polícia Civil de Palmital identifica e prende assassino de Dairizinho

O crime, de grande repercussão na região, foi praticado na noite de domingo, 01, quando Dairizinho estava na casa de uma tia, na Rua Laudelino Batista da Rocha, no Jardim Paulista, e foi chamado à rua. Quando chegou no quintal da residência, cujo portão estava aberto, recebeu um tiro na altura do pescoço e morreu na hora.

O autor do homicídio, que teria chegado e fugido a pé da cena do crime, estava foragido e sem identificação, quando a equipe da Polícia Civil iniciou investigações para elucidação do caso.

Segundo o Delegado Giovanni, a identificação do autor do crime já foi feita na segunda-feira, quando foi pedida sua prisão à Justiça. Colhendo informações, fazendo diligências e mantendo contato com a família, foi iniciado um processo de negociação que culminou com a prisão do trabalhador rural J.A.N, de 32 anos, morador no bairro Água do Capixingui, em Palmital.

Depois de permanecer foragido na região de Marília, o autor do homicídio voltou para casa na tarde desta quarta-feira, quando foi conduzido à Delegacia de Polícia de Palmital e entregou a arma do crime, um revólver calibre 22.

Em depoimento ao delegado, na presença de seu advogado, o rapaz confessou o crime e alegou que a motivação teria sido vingança, pois Dairzinho teria assediado seu filho de 10 anos, que joga futebol, e também “mexido” com sua companheira.

No relato que fez à Polícia, o rapaz disse que não conhecia a vítima, que nunca teve contato pessoal, que sabia apenas de sua “fama” e que soube do assédio há cerca de um mês, quando o menino relatou os fatos e a mulher também contou sobre as investidas que teriam partido de Dairzinho.

No depoimento, o autor do crime disse que ficou muito transtornado com a revelação, que os detalhes não saiam de sua cabeça e que, como soube que Dairzinho estava naquela casa no domingo, decidiu praticar a vingança de morte, que acabou se consumando.

O autor do homicídio foi autuado na Delegacia de Polícia de Palmital por homicídio doloso, com agravante do fator surpresa e impossibilidade de defesa da vítima e pelo porte ilegal de arma, cujas penas somadas podem chegar a 34 anos de reclusão. Depois do depoimento, ele foi conduzido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Lutécia, onde deve permanecer em prisão temporária de 30 dias.

O Delegado Bertinatti disse que o autor não possui antecedentes criminais, que jamais teve qualquer envolvimento com ilícitos, seja como menor ou depois de completar a maioridade, e que o homicídio de domingo foi o primeiro caso envolvendo seu nome.

O Delegado de Palmital comentou também a sucessão de homicídios e de ocorrências graves registradas na cidade este ano, que já somam sete homicídios, superando até mesmo o número de suicídios, que chegaram a cinco. “Estamos com muito trabalho e atuando com uma equipe reduzida, mas felizmente conseguimos elucidar todos os casos registrados até agora, com 100% de esclarecimento dos homicídios”, finalizou.

Polícia

Homem com CNH vencida é preso por embriaguez na SP-333

Caso aconteceu na segunda-feira (27).

Publicado em

Do Marília Notícia
Polícia Rodoviária - Viatura
Homem com CNH vencida é preso por embriaguez na SP-333 (Foto: Reprodução/Marília Notícia)

O vendedor Pedro Elizeu dos Santos, de 66 anos, foi preso por embriaguez ao volante e dirigir sem habilitação nesta segunda-feira (27) na Rodovia SP-333 em Marília (SP).

Conforme o Boletim de Ocorrência, por volta de 14h22 a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) deu sinal de parada a um veículo e ao consultar a habilitação do motorista constatou que a mesma estava vencida.

O motorista, identificado como Pedro, passou pelo teste do bafômetro que constatou 0,73 miligramas de álcool por ar alveolar expelido dos pulmões.

Diante dos fatos, o vendedor foi preso e encaminhado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) onde o delegado de plantão arbitrou fiança de R$ 1 mil. Como o valor não foi apresentado, Pedro passaria por audiência de custódia.

Continue lendo

Polícia

Motorista fica gravemente ferido após trator tombar sobre ele, em Paraguaçu

Um dos pneus do trator entrou em uma vala, o que fez ele tombar por cima da vítima.

Publicado em

Do i7 Notícias
No momento do resgate, pode-se perceber que ele teve várias fraturas expostas no braço esquerdo, além de ferimentos graves no tórax e rosto (Foto: Manoel Moreno)

No momento do resgate, pode-se perceber que ele teve várias fraturas expostas no braço esquerdo, além de ferimentos graves no tórax e rosto (Foto: Manoel Moreno)

Um homem, de 64 anos, ficou gravemente ferido, após um acidente ocorrido na manhã desta segunda-feira (28), em Paraguaçu Paulista (SP).

Conforme informações colhidas no local, Antonio Severio estava roçando a área do acostamento da Rodovia Prefeito José Gagliardi (SP-284), km 484, próximo ao distrito de Sapezal, quando o pneu do trator entrou em uma vala e tombou por cima dele.

Foi necessário o uso de uma pá carregadeira para retirar o trator de cima da vítima, que ficou gravemente ferida. No momento do resgate, pode-se perceber que ele teve várias fraturas expostas no braço esquerdo, além de ferimentos graves no tórax e rosto.

Antonio foi socorrido pelo Resgate do Corpo de Bombeiros, Samu e encaminhado ao Pronto-Socorro.

(Foto: Manoel Moreno)

(Foto: Manoel Moreno)

(Foto: Manoel Moreno)

(Foto: Manoel Moreno)

(Foto: Manoel Moreno)

(Foto: Manoel Moreno)

(Foto: Manoel Moreno)

(Foto: Manoel Moreno)

Continue lendo

Polícia

Mulher é morta a tiros dentro de ônibus em Marília; atirador se matou na sequência

Segundo a polícia, criminoso arrastou a vítima para fora do veículo, mas ela voltou ao coletivo quando foi baleada. Ex-marido da vítima se matou na sequência.

Publicado em

Do G1
Mulher é morta a tiros dentro de ônibus em distrito de Marília — Foto: TV TEM/Reprodução
Mulher é morta a tiros dentro de ônibus em distrito de Marília — Foto: TV TEM/Reprodução

Uma mulher foi morta a tiros dentro de um ônibus na madrugada desta terça-feira (28), no distrito de Padre Nóbrega, em Marília (SP). O ex-marido dela, se matou na sequência.

De acordo com a Polícia Militar, o homem arrastou Elizabeth Aparecida Raimundo, 35 anos, para fora do ônibus, mas ela conseguiu voltar ao coletivo. Em seguida, o criminoso a colocou sentada na escada e atirou na cabeça.

A perícia foi acionada e apura quantos tiros foram disparados. A polícia informou que o criminoso fugiu de carro e se matou dentro do veículo, na Avenida República, no Bairro Palmital.

A polícia registrou o crime como feminicídio. Conforme apurado pela polícia, o ex-marido não aceitava o fim do relacionamento. A mulher estava indo trabalhar, por volta das 5h, e havia outros passageiros no ônibus no momento do crime. Outras pessoas não se feriram.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas