‘Dise’ prende homem por tráfico de drogas em Paraguaçu Paulista

Ação foi realizada através do Setor de Inteligência da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecente da Polícia Civil de Assis.

O Setor de Inteligência da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecente, a Dise, da Polícia Civil de Assis, após receber informações que um indivíduo estaria guardando e comercializando drogas em sua residência, na cidade de Paraguaçu Paulista (SP), realizou operação para apurar o caso, identificando o investigado D. S., de 33 anos. De acordo com os policiais, em trabalho de ‘vigilância velada à distância’, foi constatada uma movimentação ‘atípica’ de pessoas no local, próprio do tráfico de drogas.

Diante de tais fatos, o delegado da Dise representou por mandado de busca e apreensão e no final da tarde desta terça-feira, dia 7, os investigadores com o apoio de policiais militares, diligenciaram ao endereço e, ao entrarem no quintal da residência e visualizarem o investigado através de uma janela, deram voz de parada. “Contudo, o pedido não foi obedecido e o investigado correu para outro cômodo do imóvel, sendo necessário o arrombamento da porta para entrar na residência”, explicaram os policiais.

O investigado foi preso no interior do banheiro, onde acionou a válvula de descarga, quando os policiais visualizaram no interior do vaso sanitário um plástico aberto com certa quantidade de cocaína.

No quarto do investigado, em uma gaveta de uma cômoda, ainda foram encontradas uma balança digital pequena em pleno funcionamento, uma faca e uma tesoura, todas com sinais aparentemente de cocaína, além de duas porções de cocaína embaladas para venda, uma cartela com vários comprimidos do medicamento denominado Pramil, R$ 2.430,00 em dinheiro e vários recortes de plásticos, utilizados para embalar substâncias entorpecentes. Na carteira e no interior do veículo do investigado, os policiais encontraram mais R$ 70 em dinheiro. Também foi apreendido um saco com bicarbonato de sódio, normalmente utilizado por traficantes para aumentar a quantidade do entorpecente.

Assim, o rapaz foi preso em flagrante delito por tráfico de drogas, e na audiência de custódia foi decretada a sua prisão preventiva.

#MAIS LIDAS DA SEMANA