Pais prestam queixa do desaparecimento de casal de jovens em Palmital

Jovens estão desaparecidos desde a última quinta-feira (02).

Um casal está desaparecido há pelo menos quatro dias em Palmital (SP). O caso foi registrado na Delegacia da Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (06). As informações foram prestadas pelos pais dos jovens, um ajudante de pedreiro de 52 anos (pai do garoto) e um tratorista de 48 (pai da garota). Após a queixa formalizada, foram iniciados os trabalhos de investigação para identificar o paradeiro dos dois, que deixaram suas residências na manhã de quinta-feira da semana passada (02) e não mais teriam sido vistos pelos familiares e amigos.

O pai do rapaz, um adolescente de 17 anos, disse que o filho não bebe nem faz uso de droga, além de não possuir transtornos mentais. O ajudante de pedreiro disse que o filho deixou a residência, na região central de Palmital usando camiseta, bermuda e tênis. Ele teria saído a pé levando documentos pessoais e três trocas de roupas e o celular.

O tratorista disse que a filha também não tem vícios, mas faz uso de medicação controlada e tem crises de desmaio quando não toma o remédio. O pai relatou que a garota estava com R$ 200,00 e algumas peças de roupas, deixando em casa os documentos e o celular. Ela teria saído de casa, em uma fazenda na Água do Paú D’Alho, em Ibirarema, com a Honda Biz vermelha.

Os pais informaram aos policiais que os jovens possam ter fugido juntos, pois não concordavam com o posicionamento das famílias em insistir que eles estudassem e retardassem o relacionamento sério. Diante das informações e dos registros, que incluem fotos dos jovens desaparecidos, a equipe da Delegacia de Palmital está fazendo investigações para localizar o casal.

#MAIS LIDAS DA SEMANA