PM de Assis recebe denúncia de que empresa estaria fabricando álcool em gel de forma irregular

A corporação recebeu informações de que proprietários de uma empresa de cosméticos estariam utilizando etanol.

Reprodução/Redes Sociais

Reprodução/Redes Sociais

No último sábado (20), a Polícia Militar de Assis (SP) recebeu denúncia para averiguar uma possível fabricação irregular de álcool em gel. A corporação recebeu informações de que proprietários de uma empresa de cosméticos estariam utilizando etanol (álcool combustível) para fabricação de álcool em gel, prática vedada pela legislação sanitária.

A Vigilância Sanitária do município, órgão responsável pela fiscalização desta prática, foi acionada.

A ocorrência ocorreu na Rua Luís Carlos da Silveira, próximo ao Parque Buracão. Durante a averiguação, um cidadão foi abordado saindo do local com várias caixas de álcool em gel. Questionado, ele informou que iria revender em sua loja, apresentando a nota fiscal dos produtos.

O proprietário do suposto local de fabricação irregular também foi questionado e informou fabricar os produtos dentro dos padrões estabelecidos pela ANVISA e pela resolução – RDC Nº 350, de 19 de março de 2020, possuindo químico responsável pelo procedimento, demonstrando aparente regularidade.

Agentes municipais da Vigilância Sanitária acompanharam toda a diligência e após fiscalização do interior do estabelecimento noticiaram a PM que não constataram qualquer irregularidade, encerrando a ocorrência aproximadamente às 14h40.

Nenhum material foi apreendido pelos agentes municipais.

#MAIS LIDAS DA SEMANA