Passageiro morre e motorista fica ferido após criminosos cercarem o veículo na rodovia

Polícia foi acionada após o carro ser abandonado em uma estrada de terra em Santa Cruz do Rio Pardo. Uma das vítimas pediu socorro na rodovia e o caso é investigado.

Carro onde as vítimas estavam foi abandonado pelos criminosos em Santa Cruz do Rio Pardo — Foto: TV TEM/ Reprodução

Carro onde as vítimas estavam foi abandonado pelos criminosos em Santa Cruz do Rio Pardo — Foto: TV TEM/ Reprodução

O passageiro de um carro com placas do estado do Paraná, que foi abandonado em uma vicinal de terra em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), morreu após ser baleado por criminosos que abordaram o veículo na Rodovia Castello Branco (SP-280) na manhã desta sexta-feira (15).

O motorista do carro também foi baleado. Segundo informações do delegado Renato Caldeira Mardegan, a polícia foi acionada após a vítima, que teria sido colocada no porta-malas do carro, conseguir sair e pedir ajuda na rodovia.

Segundo a polícia, dois homens de Umuarama (PR) viajavam pela Rodovia Castello Branco (SP-280) com sentido à capital. Um deles disse à polícia que no início da rodovia, no km 307, em Santa Cruz do Rio Pardo, foram abordados por outro veículo com três suspeitos, que obrigaram que eles parassem.

“Quando chegamos nesse local onde o carro foi abandonado, encontramos um indivíduo já sem vida e o outro homem ferido. Ele nos contou que os dois foram abordados por criminosos na rodovia e obrigados a parar o carro. Um dos criminosos atirou no braço do motorista, esse tiro acabou atingindo também o passageiro, mas ele não resistiu ao ferimento”, explica.

Dois criminosos entraram no carro das vítimas para roubá-lo. Fabiano Aparecido de Oliveira, de 43 anos, que estava no banco do passageiro, morreu no banco traseiro. O outro homem foi obrigado a ficar no porta malas. Porém, três quilômetros depois os suspeitos abandonaram o veículo em uma estrada de terra.

Depois que o motorista que ficou no porta malas notou que os bandidos tinham fugido do local, conseguiu sair do veículo acionando a trava de segurança e veio caminhando até a rodovia pedir socorro e os funcionários de uma fazenda chamaram a polícia.

Ainda segundo o delegado, os criminosos fugiram em outro carro levando os celulares das vítimas. A motivação do crime ainda é investigada pela Polícia Civil que ainda vai ouvir o depoimento formal do motorista que sobreviveu, que tem passagens por contrabando, segundo Mardegan.

#MAIS LIDAS DA SEMANA