Homem tem prejuízo de mais de R$ 8 mil após pagar boleto falso para quitar carro

Caso foi registrado como estelionato na Delegacia Participativa da Polícia Civil em Presidente Prudente. Vítima recebeu o documento por um aplicativo de troca de mensagens.

Delegacia Participativa da Polícia Civil de Presidente Prudente (Foto: Stephanie Fonseca/G1)

Delegacia Participativa da Polícia Civil de Presidente Prudente (Foto: Stephanie Fonseca/G1)

Um homem de 30 anos teve um prejuízo de mais de R$ 8 mil após pagar um boleto falso para quitar seu veículo. O caso foi registrado nesta sexta-feira (18), na Delegacia Participativa da Polícia Civil, em Presidente Prudente, a 124 km de Assis.

De acordo com as informações contidas no Boletim de Ocorrência, há uns dois anos a vítima comprou um carro e neste mês recebeu um boleto no valor de R$ 8.147,73, por um aplicativo de troca de mensagens, para quitar o pagamento do carro.

A vítima, acreditando que era realmente do banco, pagou o boleto e depois percebeu que o pagamento não estava destinado ao banco que deveria receber as parcelas relativas a compra do carro. O pagamento do boleto estava destinado a uma pessoa desconhecida, segundo a ocorrência.

Ainda conforme o documento policial, a vítima ligou para o banco, que informou não ter recebido o pagamento e que a pessoa que constava no boleto não pertence a instituição financeira.

Mediante a isso, a vítima constatou que caiu no golpe do boleto falso.

O caso foi registrado como estelionato.

#MAIS LIDAS DA SEMANA