Vereador é investigado por suspeita de pedofilia em Tarumã

Segundo a Polícia Civil, pai de vítima de 12 anos teria ‘printado’ conversas do político nas quais ele pede para a criança mostrar as nádegas. Câmara abriu uma Comissão Especial de Inquérito.

Vereador é investigado por suspeita de pedofilia em Tarumã (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Tarumã (SP) investiga um vereador da cidade suspeito de cometer ato de pedofilia ao pedir fotos de partes íntimas de um menor de 12 anos de idade. A Câmara da cidade também vai investigar a conduta de Danilo Henrique Correa dos Santos (MDB) e abriu uma Comissão Especial de Inquérito (CEI).

Segundo a polícia, o pai da vítima afirma que o vereador teria solicitado para que o menor ligasse a webcam do computador e encaminhasse fotos do rosto, barriga, pernas e nádegas. O pai do garoto “printou” as conversas e procurou a delegacia para fazer a denúncia.

De acordo com o delegado Mário Miranda Silva, foi registrado boletim de ocorrência e depois instaurado inquérito policial para apuração dos fatos. As partes foram ouvidas e, à polícia, o vereador negou as acusações.

Segundo o delegado, a investigação prossegue inclusive para a identificação de eventuais outras vítimas ou testemunhas. O prazo para conclusão do inquérito é de 30 dias.

Segundo a Câmara dos Vereadores, a CEI para apurar suposta infração político-administrativa do vereador foi aberta após informação recebida sobre a investigação da Polícia Civil.

A CEI será composta por três membros e o prazo para apuração dos fatos será de 90 dias, a contar de sua instauração.

A reportagem tentou contato com o vereador, mas ele não atendeu as ligações e não respondeu as mensagens enviadas.

#MAIS LIDAS DA SEMANA