Galos apreendidos apresentavam vários sinais de mutilação, como esporas serradas e cristas amputadas — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Galos apreendidos apresentavam vários sinais de mutilação, como esporas serradas e cristas amputadas — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Um homem foi multado em R$ 42 mil ao ser surpreendido pela Polícia Ambiental praticando o crime de maus-tratos contra animais por manter galos usados para a prática de rinhas (briga), em Marília (SP), neste sábado (30).

Segundo informações da polícia, a equipe recebeu denúncia de que o morador do bairro Hípica Paulista mantinha em sua casa os animais em situação de maus-tratos.

No local, os policiais encontraram 14 galos índio com vários indícios de que eram utilizados em rinhas, como esporas serradas, penas da coxa e abdômen arrancadas, cristas e barbelas amputadas.

Além disso, segundo a polícia, o local onde os animais estavam acondicionados estava muito sujo e era pequeno, o que impedia que eles se locomovessem.

Os animais foram apreendidos e encaminhados para avaliação veterinária, que elaborou laudo confirmando a situação de maus-tratos. Os galos ficaram sob cuidados de uma ONG.

Além da multa, o suspeito também deve ser indiciado por crime ambiental, previsto em lei federal, sendo que a ocorrência será apresentada posteriormente pela própria Polícia Ambiental.

Homem é multado em R$ 42 mil por maus-tratos a galos usados para rinha em Marília — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Homem é multado em R$ 42 mil por maus-tratos a galos usados para rinha em Marília — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Homem é multado em R$ 42 mil por maus-tratos a galos usados para rinha em Marília — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Homem é multado em R$ 42 mil por maus-tratos a galos usados para rinha em Marília — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

PRF apreende 600 pacotes de cigarro sem nota fiscal com passageiros de ônibus

Segundo a PRF, ao abordar um ônibus de linha, dois passageiros demonstraram nervosismo.

Mais de 50 cachorros são apreendidos em situação de maus-tratos em canil clandestino

Policias também perceberam a existência de uma cachorra gestante, o que é proibido por lei na cidade.

Autores de incêndios em áreas agrícolas foram sentenciados a prisão

Os incêndios aconteceram nas regiões de Assis, Tarumã e Cândido Mota.

Juiz determina que paciente receba R$ 150 mil de indenização após amputação do pé

A paciente também deve receber uma pensão mensal vitalícia no valor de um salário mínimo.