Cão farejador ainda encontrou várias porções de drogas e celulares na estrada que dá acesso ao CPP 2 de Bauru — Foto: SAP/Divulgação

Dois detentos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP 2) de Bauru (SP) precisaram passar por cirurgias para retirada de drogas e produto eletrônico do intestino que eles engoliram durante o benefício da saída temporária, conhecida como “saidinha”, de Corpus Christi. O objetivo seria introduzir esses produtos no presídio na volta da saída temporária.

Um deles ingeriu 53 porções de maconha e, após a cirurgia, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base (HB), mas não corre risco de morrer. O outro preso ingeriu um minicelular e já recebeu alta médica após o procedimento cirúrgico.

O CPP II de Bauru registrou desde o último dia 20, início do retorno da “saidinha”, quase 30 casos de detentos flagrados pelo escâner corporal com imagens suspeitas no corpo tentando entrar na unidade com drogas e produtos de telefonia móvel.

No total, foram aprendidos 16 minicelulares e mais de 400 porções de drogas, entre maconha e cocaína.

Os detentos flagrados no escâner foram isolados na enfermaria do presídio e a maior parte conseguiu expelir os objetos, sem a necessidade de encaminhamento ao hospital. Sete deles, porém, precisaram ser levados para unidades de saúde da cidade.

Além dos dois que passaram por cirurgia, quatro foram medicados e expeliram os produtos ilícitos naturalmente. O sétimo detento ainda aguarda para ser submetido a procedimento cirúrgico para retirada de drogas do intestino.

No total, foram aprendidos no presídio de Bauru 16 minicelulares e mais de 400 porções de drogas, entre maconha e cocaína — Foto: SAP/Divulgação
No total, foram aprendidos no presídio de Bauru 16 minicelulares e mais de 400 porções de drogas, entre maconha e cocaína — Foto: SAP/Divulgação

Entre os presos que ficaram na enfermaria do CPP 2, um expeliu 112 porções de cocaína e dois minicelulares. Foram aprendidos, ainda, sete invólucros de maconha com outro detento, que também engoliu oito saquinhos plásticos contento cocaína e dois minicelulares.

Além das drogas e aparelhos de telefonia, os agentes de segurança apreenderam dois chips e um fone de ouvido com os demais detentos.

Sacola arremessada

Um dos presos foi descoberto no momento em que arremessou uma sacola para o interior da unidade prisional. Na bolsa foram apreendidos três celulares, três baterias, seis chips, dois carregadores e um fone de ouvido.

O mesmo interno também confessou que havia ingerido 24 porções de maconha e 25 de cocaína. Após permanecer na enfermaria, ele conseguiu expelir os entorpecentes.

As drogas e os aparelhos telefônicos apreendidos foram encaminhados à Polícia Civil para registro de boletim de ocorrência.

Cão farejador ainda encontrou várias porções de drogas e celulares na estrada que dá acesso ao CPP 2 de Bauru — Foto: SAP/Divulgação
Cão farejador ainda encontrou várias porções de drogas e celulares na estrada que dá acesso ao CPP 2 de Bauru — Foto: SAP/Divulgação

Um cão farejador pertencente à Penitenciária de Pirajuí (SP) ainda ajudou os agentes na apreensão de drogas e celulares encontrados na estrada de acesso ao estabelecimento penal.

O cão da raça pastor belga ajudou a localizar 261 porções de maconha, 11 de cocaína, além de um celular e duas baterias.

A direção da unidade instaurou procedimento interno disciplinar, que deverá culminar com a regressão dos detentos flagrados com produtos ilícitos do regime semiaberto para o regime fechado.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Homem que matou ex-namorada a facadas dentro de carro premeditou crime

Suspeito foi preso em flagrante por feminicídio.

Homem que possui esquizofrenia mata mãe a facadas

Vítima foi encontrada deitada na cama, com duas perfurações no peito.

Fiscalização policial apreende quase 313 kg de maconha que estavam dentro de pneus de caminhão

Indivíduo foi apresentado na Delegacia da Polícia Federal de Presidente Prudente.

Cachorro é ferido a golpes de martelo e homem é multado em R$ 3 mil

Polícia Ambiental foi acionada e socorreu o animal, que permanece internado.