Soldado da PM Lúcio Fernandes Lima Kruger, de 26 anos, deixa esposa e uma filha de 1 ano de idade — Foto: Polícia Militar

Um capotamento na Rodovia Arlindo Bétio (SP-613), em Euclides da Cunha Paulista (SP), provocou a morte do soldado da Polícia Militar Lúcio Fernandes Lima Kruger, de 26 anos. Ele deixa esposa e uma filha de 1 ano de idade. O acidente de trânsito foi registrado neste domingo, dia 05 de junho.

Conforme informações da Polícia Militar Rodoviária, a ocorrência foi um “choque seguido de capotamento”.

Soldado da PM Lúcio Fernandes Lima Kruger, de 26 anos, deixa esposa e uma filha de 1 ano de idade — Foto: Polícia Militar
Soldado da PM Lúcio Fernandes Lima Kruger, de 26 anos, deixa esposa e uma filha de 1 ano de idade — Foto: Polícia Militar

Por motivos a serem esclarecidos, o carro da vítima bateu contra um talude e capotou. Na sequência, o condutor foi projetado para fora do veículo e morreu no local.

O motorista do veículo era Lúcio Fernandes Lima Kruger, soldado da Policial Militar do Estado de São Paulo, lotado na 3º Companhia do 42º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), em Teodoro Sampaio (SP).

O trânsito no local não sofreu interrupções.

A Polícia Científica foi acionada e realizou perícia no local.

Capotamento na Rodovia Arlindo Bétio matou policial militar — Foto: Polícia Rodoviária
Capotamento na Rodovia Arlindo Bétio matou policial militar — Foto: Polícia Rodoviária

Luto

Em nota, a Polícia Militar do Estado de São Paulo, por meio do 42º BPM/I, lamentou a morte do soldado. De acordo com a corporação, o policial militar tinha 26 anos, e servia na PM paulista há sete anos e seis meses. Ele era casado e tinha uma filha de 1 ano de idade.

“Nesse momento de dor, unimos nossos sentimentos aos da família e elevamos nossos pensamentos em Deus, rogando-lhe que, através de seu grande amor, possa consolar os corações e curar as feridas dessa separação”, diz a nota da PM.

O velório é realizado na Organização Presidente, em Presidente Venceslau (SP), e o sepultamento está previsto para as 11h desta segunda-feira (6), no Cemitério Municipal de Venceslau.

Companheiro de farda

Há pouco mais de quatro anos, o soldado Kruger foi destaque nas redes sociais da Polícia Militar do Estado de São Paulo depois de encontrar a policial que o salvou quando criança.

De acordo com a publicação de fevereiro de 2018, em 18 de junho de 1999, Lucio Fernandes Lima Kruger tinha 4 anos e um armário havia caiu sobre sua cabeça.

A Polícia Militar foi acionada e rapidamente a então soldado Vanusa foi até o local, onde encontrou o menino com um corte na boca e perdendo muito sangue. Ele foi levado ao Hospital Regional de Presidente Prudente, onde passou por cirurgia e teve uma ótima recuperação.

Em 6 de fevereiro de 2018, já aluno-sargento, Vanusa Pereira, pertencente ao efetivo do 42º BPM/I, trabalhava na operação verão na cidade de Itanhaém (SP), quando assumiu o serviço e reparou que seu parceiro, soldado Lucio, possuía uma cicatriz na boca. Ao questioná-lo, foi surpreendida ao ouvir a história do jovem policial militar, que coincidentemente era o garoto que ela havia socorrido 19 anos antes.

“A Policial Militar está muito feliz por ter ajudado salvar a vida de uma criança, que agora é seu companheiro de farda”, destacou a corporação na época.

Capotamento na Rodovia Arlindo Bétio matou policial militar — Foto: Polícia Rodoviária
Capotamento na Rodovia Arlindo Bétio matou policial militar — Foto: Polícia Rodoviária
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Motorista de carro funerária morre após atingir outro veículo 

A perícia foi chamada no local e as causas do acidente serão investigadas.

Cadela sai ilesa após cair em barranco com 50 metros de profundidade e mobilizar resgate

Resgate começou às 8h e foi finalizado pouco depois das 17h.