Corinthians e Castelão mostram força do Brasil
Corinthians e Castelão mostram força do Brasil

A presidente Dilma Rousseff afirmou neste domingo, ao inaugurar a Arena Castelão em Fortaleza, que a conclusão do primeiro estádio da Copa do Mundo de 2014 e a conquista do título mundial de clubes pelo Corinthians, mais cedo, são provas da capacidade brasileira de vencer dentro e fora de campo quando receber o Mundial.

Dilma visitou as instalações do novo estádio, incluindo um museu, e teve encontro com trabalhadores da obra. A presidente foi ao centro do gramado e deu o pontapé inicial da arena com a bola que será utilizada na Copa das Confederações do ano que vem.

O Castelão, que foi totalmente reformada ao custo de 518,6 milhões de reais, e o Mineirão, que Dilma vai inaugurar na sexta-feira, são os dois únicos estádios a cumprirem o cronograma original da Fifa para a Copa das Confederações, encerrando as obras este mês.

“Muitos diziam que nós não éramos capazes de construir e entregar um estádio de futebol com a qualidade internacional desse estádio do Castelão, pois hoje nós começamos a mostrar que nós somos sim capazes”, disse Dilma em discurso na cerimônia de inauguração, com a presença de um público estimado em 20 mil pessoas, segundo o governo do Ceará.

“Nós inauguramos hoje, dia 16 de dezembro, este estádio, e fazemos isso num momento especial, momento de esforço, de sorte e de vitória, quando o Corinthians se sagra campeão mundial interclubes. Esse fato, independentemente de qualquer outro, mostra que o Brasil é capaz das duas coisas, ganhar nos campos de futebol e construir um estádio dessa categoria”, acrescentou.

A preparação do Brasil para a Copa do Mundo foi por diversas vezes alvo de críticas da Fifa, a mais contundente delas a afirmação do secretário-geral da federação, Jérôme Valcke, de que o país precisava levar um “chute no traseiro” para acelerar o ritmo.

As principais preocupações dizem respeito aos aeroportos e à mobilidade urbana nas cidades-sede para o transporte dos torcedores. O governo promete concluir obras de melhorias nos dois setores a tempo para o Mundial.

Devido ao atraso nas obras dos estádios, a Fifa abriu exceções para as outras quatro sedes da Copa das Confederações –Brasília, Recife, Rio de Janeiro e Salvador– entregarem suas arenas até março do ano que vem.

Dilma afirmou que a inauguração do primeiro estádio marca o início de uma nova fase na preparação do país para os eventos esportivos e disse que faz questão de estar presente a todas as inaugurações de arenas, tanto para a Copa das Confederações como para a Copa do Mundo.

“Hoje iniciamos a fase decisiva para a preparação da Copa das Confederações e da Copa do Mundo de 2014. Esse é um momento em que o Brasil fica diante do mundo e diz: ‘Não só vamos cumprir o nosso compromisso, mas esse compromisso está aqui de pé, expresso no aço, expressos no concreto'”, disse.

Apesar da cerimônia de inauguração neste domingo, o primeiro jogo do novo Castelão será disputado apenas em 27 de janeiro, quando haverá uma rodada dupla valendo pela Copa do Nordeste: Ceará x Bahia e Fortaleza x Sport.

O Corinthians conquistou o título do Mundial de Clubes da Fifa, neste domingo, ao derrotar o Chelsea, por 1 x 0, em Yokohama, no Japão.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia faz novo pedido de prisão do padre investigado por atropelar homem suspeito de furtar igreja

Defesa solicitou que o processo seja colocado em segredo de Justiça.

Eleitor tem até hoje para emitir, transferir e regularizar título

Cadastro será fechado a partir de amanhã.