Camarguinho presidindo a sessão (Foto: Assessoria)
Camarguinho presidindo a sessão (Foto: Assessoria)

O Presidente da Câmara Muncipal de Assis, Eduardo de Camargo Neto – Camarguinho, fechou a pauta da Sessão Ordinária desta segunda-feira dia 04 de março na última semana, constando para os trabalhos desta noite dezenas de Requerimentos, Indicações e Moções, além de 5 Projetos.

O primeiro projeto foi enviado pelo Executivo e havia sido adiado por duas sessões, trata-se de Celebração de Termo de Convênio com a Sociedade Filantrópica “Nosso Lar”,  Pauylo Mattioli Junior também apresenta projeto que Estabele Regras para Bens de Consumo pela Municipalidade, outro projeto dispõe sobre entrada franca em locais de eventos culturais à Policiais Militares e Civis, já que estes exercem a função 24 horas por dia, o projeto tem autoria do vereador Valmir Dionizio. O vereador Thiago Hernandes – Professor Thiago em parceira com o vereador Paulo Mattioli, apresentam Projeto de Resolução para “Criação, no âmbito da Câmara Municipal do – Câmara na Escola”  e ainda o Projeto  que “Dispöe sobre a apreciaçâo do Parecer Previo do Tribunal de Contas do Estado de Säo Paulo, referente às Contas do
Executivo Municipal, relativas ao Exercício Financeiro de 2010.

“Esperamos mais uma sessão cheia de debates e pronunciamentos, respeitando as normas do Regimento Interno, salientando que, as comissões estão cumprindo com o que foi determinado por esta gestão e as discuções e votações serão sempre apoiadas por suas decisões” Esclarece Camarguinho

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

CPI vai investigar supostas irregularidades na FEMA

Procedimento foi aberto na sessão desta segunda-feira.

Polícia faz novo pedido de prisão do padre investigado por atropelar homem suspeito de furtar igreja

Defesa solicitou que o processo seja colocado em segredo de Justiça.

Câmara abre CPI dos combustíveis para investigar servidores

Vereadores aprovaram a CPI após denúncia de supostos desvios de verba parta abastecer veículos da administração municipal.