Camarguinho defendendo seu projeto (Foto: Assessoria)
Camarguinho defendendo seu projeto (Foto: Assessoria)

O Vereador Eduardo de Camargo Neto, Camarguinho atual presidente da Câmara de Assis, iniciou a sessão desta segunda-feira dia 08 de abril as 19 horas e encerrou por volta de 01h30 da madrugada do dia 09. Sete Projetos foram colocas em discussão: três deles adiados e quatro aprovados pelos vereadores.

Entre os projetos adiados está o do próprio presidente que trata de alteração na lei sobre instalação de antenas, especialmente para telefonia celular que está impedindo o crescimento e melhoria dos serviços, já que a atual lei é muito severa e ultrapassada, “aceito com democracia, os vereadores acharam melhor  adiar por mais uma sessão para mais alguns ajustes, mesmo que eu já tenha apresentando um substitutivo, acato a decisão, pois eles acharam essa necessidade, então vamos aguardar para a próxima sessão, tenho certeza de que todos sabem da importância desse projeto” acrescentou Camarguinho.

Outro adiamento aconteceu com o Projeto da verba para a FloraVale, “entendo que uma quantia dessa natureza a ser repassada para a entidade, necessite de um representante para nos informar como será aplicado esse dinheiro”, destacou em tribuna o vereador do PT Reinaldo Nunes (Português) que solicitou a presença do mesmo na próxima sessão.

Os projetos de crédito suplementar para o término das obras do UPA – Unidade de Pronto Atendimento (Jardim Aeroporto) e Centro Esportivo e Cultura do Parque Colinas forma aprovados por unanimidade. As sessões são transmitidas ao vivo pela internet (com Imagens) pelo site da Câmara, pela TV Cabo canal 03 e pela Radio FEMA – FM Universitária 105,9.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia faz novo pedido de prisão do padre investigado por atropelar homem suspeito de furtar igreja

Defesa solicitou que o processo seja colocado em segredo de Justiça.

Eleitor tem até hoje para emitir, transferir e regularizar título

Cadastro será fechado a partir de amanhã.