PRÉDIO ARMANDO SALES
PRÉDIO RECREATIVO

Durante a sessão ordinária desta segunda, 01, os vereadores Alexandre Cachorrão – PSD, Arlindo do Raio X – PSD, Adriano Romagnole – PTB e Cristiano Santile – PTB, apresentaram Requerimento cobrando o cumprimento da lei que prevê imposto progressivo a terrenos baldios e providencias com relação aos prédios abandonados em nosso município.

PRÉDIO ARMANDO SALES

Segundo o vereador Adriano – PTB, várias cidades adotaram o sistema de cobrança do imposto progressivo que incidirá sobre o terreno abandonado com o aumento anual de impostos. O proprietário muitas vezes se acomoda com a situação do imóvel e não da à atenção devida, deixando-o em total abandono, observa o vereador.

Segundo vereador Alexandre – PSD, muitos terrenos baldios e abandonados podem acumular lixos, proliferar animais peçonhentos e ser foco de doenças como a dengue. Outra questão que preocupa, são os prédios abandonados em vários pontos da cidade, por exemplo, a antiga indústria de leite Leco, uma casa na esquina do Clube Recreativo totalmente abandonada e um edifício inacabado no inicio da Av. Armando Sales que há 20 anos esta naquela situação. Estes pontos estão em degradação social, podem ser utilizados para esconderijo e uso de drogas e locais para a prática de crimes como estupro, observa o vereador Alexandre que desde 2012 questiona esta situação.

Segundo os vereadores Arlindo – PSD e Cristiano – PTB, outro problema sério é com relação à condição estrutural destes locais. Temos que ter preocupação com a segurança das pessoas, pois acompanhamos na mídia que prédios estão desabando por falta de manutenção dos proprietários, observam os vereadores.

PRÉDIO LECO
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Câmara abre CPI dos combustíveis para investigar servidores

Vereadores aprovaram a CPI após denúncia de supostos desvios de verba parta abastecer veículos da administração municipal.

CPI vai investigar supostas irregularidades na FEMA

Procedimento foi aberto na sessão desta segunda-feira.