Camarguinho
Camarguinho

A sessão Ordinária realizada na última segunda-feira dia 17 de junho, foi pautada pelo presidente Camarguinho, para discussão e votação de quatro projetos, mas em regime de urgência foi apresentado o Projeto de Resolução numero 06 (Comissão de Assuntos Relevantes) que solicitou a prorrogação do prazo para avaliação da atual situação financeira do município, aprovada pelos vereadores.

Em seguida foi discutido e votado a Redação Final ao Projeto de Lei sobre qualificação de Entidades como Organizações Sociais, defendido pelo presidente Camarguinho em tribuna (foto) , dando exemplo de várias OS”s de sucesso. O projeto foi aprovado pela maioria. Em seguida o Projeto sobre a “Frente de Trabalho” também foi aprovado pelos vereadores.

Os outros dois projetos que foram discutidos pelos vereadores, foram: sobre as Diretrizes Orçamentárias do Município para o exercício de 2014, aprovado pro unanimidade e sobre o Plano Plurianual para o exercício de 2014 a 2017 que depois de emendado e bastante  discutido, em sessão que começou as 19 horas e terminou por volta das 23h30, foi aprovado também por unanimidade.

As sessões da Câmara começam sempre as 19 horas e tem transmissão ao vivo pela internet (inclusive com imagens) pelo site da câmara www.camaraassis.sp.gov.br (em breve novo site www.assis.sp.leg.br) e ainda pela TV Cabo Assis Canal 03 e Radio FEMA FM, 105,9, a partir das 20 horas.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

CPI vai investigar supostas irregularidades na FEMA

Procedimento foi aberto na sessão desta segunda-feira.

Polícia faz novo pedido de prisão do padre investigado por atropelar homem suspeito de furtar igreja

Defesa solicitou que o processo seja colocado em segredo de Justiça.

Câmara abre CPI dos combustíveis para investigar servidores

Vereadores aprovaram a CPI após denúncia de supostos desvios de verba parta abastecer veículos da administração municipal.