Sessão de seis horas e meia termina com três projetos aprovados

A presidente do Conselho Municipal do Idoso Dra. Carina veio a tribuna para agradecer a atenção dos vereadores

Dra. Carina do Conselho do Idoso usou a tribuna para agradecer os vereadores (Foto: Divulgação)

Em sessão realizada nesta segunda-feira dia 23 de setembro, os vereadores ouviram a leitura da Pauta das Proposituras contendo dezenas de indicações, requerimentos e moções que foram discutidas, votadas e aprovadas por unanimidade. Em seguida teve início a Ordem do Dia com seis projetos, três deles aprovados por todos os vereadores e que alteram dispositivos de leis dando nova composição ao Conselho Municipal de Idoso, criando o Fundo Municipal do Idoso e ainda sobre a Política Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Durante a votação compareceu a tribuna para agradecer aos edis, a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Carina Alexandra Rondini (foto).

Na sequência os vereadores pediram adiamento dos dois projetos que solicitavam a criação de cargos do Quadro de Pessoal da Administração Direta e de Carreira do Magistério, para melhor análise do legislativo.

Pronta para terminar por volta de 23 horas foi apresentado o último projeto, o de autorização para contratar financiamento junto ao Banco do Brasil no valor de três milhões de reais para recuperação e manutenção de veículos e máquinas para a Secretaria de Obras, este portanto, estava acompanhado de um requerimento que causou muita polêmica. Tratava-se de um pedido de retirada do mesmo já que o prazo para realização do empréstimo, segundo a prefeitura, já havia se expirado.

Todos os vereadores se manifestaram revoltados com a notícia, pois, segundo eles a falta de comunicação entre legislativo e executivo continua e tem dificultado muito o trabalho dos vereadores. O requerimento de retirada do projeto, depois de debatido por mais de duas horas acabou sendo aprovado pela maioria.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA