Vereador Timba se reuniu com empresários da Incubadora de Empresas

Para Timba, a preocupação é com o cumprimento da Lei pela prefeitura Municipal em apoio aos empresários

Timba com empresários da Incubadora de Empresas

Na última quarta-feira, 16, o vereador João da Silva Filho, Timba (DEM) esteve reunido com vários empresários, instalados na Incubadora de Empresas que fica localizada na antiga oficina de manutenção da FEPASA, adaptada pela prefeitura, para o devido fim.

Através da Lei 5.504 de 01 de março de 2011, foi regulamentada a utilização do Núcleo de Desenvolvimento Empresarial e Econômico do Município de Assis – Programa incubadora de Empresas, vinculada a Secretaria de Indústria e Comércio, tendo por finalidade criar condições favoráveis á geração de emprego e renda e ao desenvolvimento econômico do Município. No Artigo 2º, a Prefeitura fica autorizada a conceder permissão de uso de espaços denominados MODULOS, mediante apresentação e aprovação de um Plano de Negócios Padrão para empreendedores interessados que irão iniciar suas atividades ou que já atuem a menos de 24 (vinte e quatro) meses.

Já o Artigo 4º garante aos contemplados além dos módulos: salas de treinamentos e palestra, sala do empresário, e sala de administração. Cozinha, recepção sanitários: masculino, e feminino, um ponto de internet banda larga, para todos os módulos. Já os Artigos 10º, e 11º atestam que a Prefeitura deve firmar convenio com a FEMA , no sentido de parceria para uso de suas instalações, como salas de reuniões e palestras, parcerias com seus alunos e professores para treinamentos, consultorias e serviços de estagiários. Outras vantagens são oferecidas como: Isenção de impostos e taxas municipais, pelo prazo de 36 (trinta e seis) meses, divulgação das empresas, e dos produtos fabricados mediante folders, e outros meios, além de serviços de apoio, palestras, consultorias mediante convênios, etc.

Durante a reunião o vereador Timba foi informado que o município não esta cumprindo uma boa parte da Lei, os convênios, principalmente em relação ao SEBRAE que já não existe mais. De acordo com os empresários, para obter assistência, eles precisam se deslocar até as Cidades de Marília e Presidente Prudente, e com isso acabam tendo um custo muito elevado, tudo porque o município não vem cumprindo com suas obrigações, garantida em lei . O vereador também foi informado que a incubadora é composta de 14 módulos e hoje em atividades permanecem apenas 9 módulos sendo que 5 estão fechados há muito tempo, servindo de depósitos, infringindo a lei de permissão de uso.

A través de todo levantamento da situação de precariedade que se encontra o Núcleo de Desenvolvimento Empresarial e econômico do município de Assis, denominado Incubadora de Empresas, o vereador Timba estará agendando uma reunião com o chefe do Poder Executivo Ricardo Pinheiro, os Empresários da Incubadora, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Assis (ACIA), João Antônio Binato, e o responsável pela Secretaria de Indústria e Comércio senhor Sérgio Paulo, para que as devidas providencias sejam tomadas em favor do real desenvolvimento empresarial econômico do nosso município, que conta hoje com cem mil habitantes.

#MAIS LIDAS DA SEMANA