Câmara homenageia Tiro de Guerra e Atirador durante sessão

A sessão contou com a presença dos atiradores e familiares

A sessão contou com a presença dos atiradores e familiares (Foto: Câmara)

A Câmara Municipal de Assis realizou neste terça, dia 29 de outubro mais uma Sessão Ordinária onde foram discutidos e aprovados dezenas de Indicações, Requerimentos e Moções constantes da Pauta das Proposituras. Os vereadores usaram a palavra na tribuna discutiram em bloco os documentos e votaram favorável á todos.

Antes da Ordem do Dia o presidente da casa Eduardo de Camargo Neto, Camarguinho do Partido da Solidariedade solicitou aos vereadores suspensão dos trabalhos para realização de Ato Solene em Homenagem ao “Atirador Destaque do Ano” indicado pelo Tiro de Guerra de Assis. “Como estamos tentando fazer sempre que podemos, seguiremos as Leis que foram criadas pela câmara, uma delas é a Lei 5.555 de autoria da então vereadora Ana Santa que institui essa homenagem e hoje estamos recebendo os Sargentos e os atiradores para esse merecedor reconhecimento”, destaca Camarguinho.

Depois de apresentado o Atirador Branco: Alissom Branco, indicado pela turma como o “Destaque do Ano”, o Sargento Adelcio Marques usou da palavra para exaltar o trabalho realizado pelo TG de Assis e seu destaque a nível estadual. Na oportunidade os atiradores fizeram, de surpresa, uma homenagem ao Sargento Adelcio, já que ele se despede de Assis indo para outra região ainda neste ano. O vereador Professor Thiago também homenageou o sargento com uma Moção de Congratulações e Aplausos de sua autoria, pelos serviços prestados.

A sessão contou com a presença dos atiradores e familiares (Foto: Câmara)

Por voltas das 22 horas, a sessão teve seu reinício com a Ordem do Dia. O primeiro projeto apresentado foi o do Sargento Valmir Dionízio. Tratava-se de um substitutivo ao projeto com mesmo teor, adiado em outra ocasião e que “dispõe sobre a retirada de veículos abandonados nas vias públicas do município de Assis e dá outras providências”. Mesmo com as argumentações do autor o projeto foi bastante discutido e os vereadores ainda solicitaram novo adiamento. O Projeto 86/2013 do Poder Executivo que seria apresentado em seguida sobre “abertura de crédito adicional especial para os fins que especifica no valor de R$ 2.564.556,00 (dois milhões, quinhentos e sessenta e quatro mil, quinhentos e cinqüenta e seis reais), foi retirado pelo autor.

Na seqüência seriam discutidos mais dois projetos, um deles sobre cessão de área para construção de departamentos da Polícia Científica, como IML e outro concedendo Diploma de Honra ao Mérito ao Engenheiro Maurício Max. Mas não houve tempo hábil para votação e estes dois últimos ficaram para a próxima sessão. Os vereadores seguiram o Regulamento Interno em seu “Artigo 125 – As Sessões da Câmara terão a duração máxima de 4 horas, podendo ser prorrogadas por deliberação do Presidente ou a requerimento verbal de qualquer Vereador, aprovado pelo Plenário”.

#MAIS LIDAS DA SEMANA