Em sessão de sete horas e meia vereadores discutem 15 projetos

Os vereadores fizeram questão de manter os debates, mesmo entrando pela madrugada.

Visão Geral da Câmara

Foram sete horas e meia de discussões, análises, debates, discordâncias, polêmicas, enfim, os 15 vereadores da Câmara Municipal de Assis mais uma vez provaram que a exemplo de outras longas sessões, esta será a tônica que demonstra o  exemplo de democracia seguida pelos atuais edis. O vereador Presidente da Câmara Eduardo de Camargo Neto – Camarguinho aceitou quatro solicitações de prorrogação dos trabalhos, tentando esvaziar a pauta.

“Mesmo com a vontade do vereador de votar, mas antes discutir e analisar, não foi possível votar todos os 15 projetos apresentados, mas conseguimos atingir nossos objetivos que é e sempre será conduzir democraticamente os trabalhos em conjunto e comunhão com todos os pares”, acrescenta Camarguinho.

Os vereadores abriram a Ordem do Dia votando um Projeto enviado pelo Poder Executivo em regime de urgência, beneficiando a Secretaria da Saúde para auxiliar no pagamento da Folha dos funcionários, aprovado por unanimidade. Em seguida os vereadores abriram a palavra na tribuna para todos os empresários presentes que solicitavam áreas no CDA – Distrito Industrial de Assis (eram oito projetos) e depois de várias horas de debates, com alguns pareceres derrubados, tres foram adiados, mas a maioria foi aprovado. Ressalta-se aí os protestos e votos contrários do vereador João da Silva Filho – Timba do DEM que considera inconstitucional  as cessões de áreas sem a mínima infraestrutua .

Em seguida os demais projetos tiveram maior rapidez na votação e discussão. Foi aprovado o projeto da regularização de lotes com área inferior a 150m², emendado que deve voltar com Redação Final para a próxima sessão. Ainda em bloco foram votados e aprovados também, três projetos de Lei Complementar criando cargos de carreira no município: Agente de Endemias, Farmacêutico e Engenheiro Civil.

Para encerrar, os vereadores votaram á favor dois dois últimos Projetos de Decreto Legislativa outorgando Título Honorífico de Cidadão Assisense aos senhores: Silvio Torres, Deputado Federal e hoje Secretario da Habitação do Estado e Eber Feltrin Cirurgião Dentista.

#MAIS LIDAS DA SEMANA