Vereador Gordinho pede saída da Secretária Municipal da Educação

Claudecir Rodrigues, o Gordinho da Farmácia elogiou a atitude do prefeito em solucionar problemas das Vans, mas pediu a cassação da secretária.

Gordinho na tribuna

O vereador Claudecir Rodrigues Martins, o Gordinho da Farmácia do Partido da Solidariedade fez uso da tribuna como presidente de seu partido na cidade e falou basicamente sobre três assuntos, segundo ele de total relevância no momento,”primeiro gostaria de saber porque não se cumpre a lei nesta cidade, sou autor da lei que regulamenta a cobrança de multa para quem não cumpre seu dever de casa, estou falando da lei que “estabelece normas e obrigatoriedade aos munícipes em promover prevenção contra a proliferação do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, nas residências, no comércio, nos terrenos baldios, chácaras e quintais, sendo que se na primeira visita for constatada a existência do criadouro, o responsável receberá notificação de advertência e persistindo o problema ou impedimento da fiscalização implicará em multa de 30% do valor do salário mínimo em vigência”. Destacou o vereador.

ELOGIO AO PREFEITO
Em seguida elogiou o prefeito pela sua atitude em resolver o problema do transporte público que passava por um período de “embate” com a Secretaria da Educação Municipal, por causa de mudanças em seus horários, “o prefeito foi coerente e resolveu o problema como deve ser feito, com diálogo e entendimento”, ressalta Gordinho.

Maria Amélia, Secretária Municipal da Educação.

CASSAÇÃO DA SECRETÁRIA
Foi neste momento, sobre as Vans, que a fala do vereador se alterou para mais uma vez destacar segundo ele, destacar o “autoritarismo” da Secretária Municipal da Educação, ” fizemos uma reunião na secretaria com os motoristas das Vans e a atual secretária, mas na oportunidade ela chamou todas as diretoras das escolas e no lugar de conversar para se chegar a um consenso colocou os dois vereadores presentes, eu e o vereador Adriano Romagnoli na “parede”, sem solução para o caso.Revoltado e com apoio de outras bancadas o vereador pediu efusivamente a saída da secretária atual do cargo”.

MÃE TAMBÉM RECLAMOU
Por coincidência ao final da sessão a Tribuna Livre foi utilizada por uma mãe de aluno da Escola Infantil Maria José Chaves fazendo várias denúncias sobre a estrutura da escola, a mudança dos alunos para locais impróprios e a tentativa de solucionar o problema em local apropriado, mas esbarrando na “intransigência” da Secretaria Municipal da Educação. Houve a atenção dos vereadores que deverão acompanhar o caso, mas também a revolta de vários edis sobre as atitudes da Secretária inclusive com o apoio e manifestação do vereador Timba do DEM sobre a cassação do mandato da mesma, ele que já havia se manifestado sobre o assunto no ano passado.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA