Vereador pede a extinção ou a devida instalação do Ecoponto do Jardim Aeroporto

Local funciona como depósito de lixo e esta tomando toda a calçada, fazendo com que os moradores se sujeitem ao mau cheiro, infestação de insetos.

Local funciona como depósito de lixo e esta tomando toda a calçada (Foto: Assessoria)

O vereador Valmir Dionizio – PSC encaminhou documento ao prefeito municipal pedindo a extinção ou a devida e correta instalação do Ecoponto do Jardim Aeroporto, próximo ao Posto Brutus.

Sargento Valmir solicita que o local seja utilizado de maneira adequada e apropriada, com a retirada diária dos materiais (lixo e entulho) ali depositados, devidamente cercado, com guarita, com funcionário no local diariamente e ainda que fique também aos finais de semanas e compartimentos maiores para o descarte de materiais recicláveis.

O local tem funcionado como depósito de lixo, material reciclável e esta tomando toda a calçada, fazendo com que os moradores das adjacências se sujeitem ao mau cheiro, fumaça, infestação de insetos, mosquitos, etc. Outro fato importante para a saúde pública é o descarte correto do lixo, notadamente o lixo orgânico, o lixo hospitalar, o entulho inclusive galhos de arvores.

O lixo doméstico precisa ter um tratamento adequado e em geral, esta é uma atribuição do poder público, que deve recolher transportar e depositar o lixo em usinas de reciclagem, ou aterros sanitários. O lixo é em geral constituído de material orgânico, plásticos, papel e papelão, vidro e metais. Alguns destes materiais têm valor comercial para reciclagem e devem ser previamente separados do material orgânico.

Sugere o Sargento Valmir para que o executivo melhore a coleta seletiva de lixo e os materiais não orgânicos sejam destinados a locais apropriados, contribuindo inclusive para a geração de renda de número considerável de pessoas. E ainda sugestão para que sejam realizadasaudiências públicas, panfletagens, anúncio em rádios e jornais, além de outras maneiras de reeducação da população para o descarte do lixo.

Sobre o assunto há também denúncias na rede social Facebook, denegrindo a imagem de nossa cidade, inclusive com fotos: “Existem pessoas morando neste espaço também convivendo com insetos, urubus, ratos, poeira, água parada com lavas e muitas doenças.”. “Alguém resolve atear fogo, ou por ignorância ou para acabar com o problema de forma mais rápida e barata, os bombeiros não vão apagar e este fogo vai queimar até a Copa com tanto lixo acumulado. A população não merece mais este incômodo para respirar por causa de tanto descaso”.

O requerimento enviado ao prefeito contém questionamentos: se existe a possibilidade de extinguir o Ecoponto do Jardim Aeroporto, perto do Posto Brutus? E em caso negativo existe a possibilidade de providenciar devida e correta instalação do Ecoponto do Jardim Aeroporto? Para que seja utilizado de maneira adequada e apropriada, com a retirada diária dos materiais ali depositados;

E finaliza o vereador perguntando se existe a possibilidade de cercar o local, com guarita, com funcionário no local diariamente e ainda que fique também aos finais de semanas e compartimentos maiores para o descarte de materiais recicláveis? Seria possível que se melhore a coleta seletiva de lixo e os materiais não orgânicos sejam destinados a locais apropriados, contribuindo inclusive para a geração de renda de número considerável de pessoas? E ainda se a prefeitura pode realizar audiências públicas, panfletagem, anuncio em rádios e jornais, como maneiras de reeducação da população para o descarte do lixo.

#MAIS LIDAS DA SEMANA